terça-feira, 31 de março de 2015

Festa do chocolate

Embora mais caro, por conta da inflação, os supermercados não perdem a vez de promover a festa dos ovos de chocolate na esteira da Páscoa cristã durante a Semana Santa comemorada a cada ano. A criançada torce o nariz para o custo de vida que sobe e exige dos pais o ovo de chocolate, que quanto maior melhor e que, de preferência, tragam brinquedos. Esta semana teremos o pico das vendas de chocolate para a Páscoa, comemorada no domingo da Ressurreição. Pesquisa do Proncon Natal constatou diferenças de até mais de 50% nos ovos de páscoa de 26 estabelecimentos comerciais de Natal entre supermercados e lojas do varejo de rua. Por isso, é bom pesquisar antes de comprar. (Foto JAC)

segunda-feira, 30 de março de 2015

A banda na praça

Na sexta-feira (27) pela manhã, a banda de música dos estudantes da Escola Estadual Winston Churchill, apresentava-se na praça 7 de Setembro, Centro de Natal, entre os prédios do Tribunal de Justiça do Estado, Assembleia Legislativa e Palácio da Cultura. Era uma apresentação pública seguindo o projeto de valorização da música e dos músicos locais. A retreta foi apreciada pelos que passavam ou estavam no ponto de ônibus da praça. No fundo da foto aparece o Palácio da Cultura, antes Palácio Potengi, sede do governo do RN. Como já eram quase 11 horas e o sol estava forte, os estudantes da banda aproveitaram a sombra das árvores no local. (Foto JAC)

sexta-feira, 27 de março de 2015

Xeque-mate

A política é como num jogo de xadrez, as peças vão sendo mexidas para colocar o outro, se possível, em xeque-mate na jogada. Basta ir vendo como se mexem as pedras no tabuleiro.

Governadores do Nordeste estiveram no Planalto, em Brasília, nesta quarta-feira (25), com a presidente Dillma Rousseff (PT) em busca de investimentos para seus Estados.

Pois bem, Dilma disse que só depois que o ajuste fiscal for aprovado pelo Congresso. Isso quer dizer que os governadores terão de ficar do lado do governo e pressionar parlamentares da bancada de seu Estado.

Valorização musical

Em Mossoró, houve estreia nesta quinta-feira (26) do projeto Sesc Recitais, iniciativa do Sistema Fecomércio RN, para valorizar músicos locais. Grupo Potiguares (foto) foi o primeiro a se apresentar que teve como tema "Luiz Gonzaga: o meu remédio é cantar". Em 2015, ainda vão ocorrer mais três apresentações de shows artísticos gratuitos nos meses de abril, agosto e setembro. Vale a pena prestigiar talentos da terra. Maravilha! (Foto Divulgação)

quinta-feira, 26 de março de 2015

Novela da TV Globo

SENADOR Magno Malta comunicou ofício ao Plenário da Casa
Foto Moreira Mariz/Agência Senado
O senador Magno Malta (PR-ES) enviou ofício ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, no qual cobra a revisão de classificação indicativa da novela Babilônica, da TV Globo.

Cenas de homossexualismo, temas de ninfomania e aborto estariam sendo apresentados pela novela com classificação indicativa para apenas maiores de 14 anos.

No entender do senador Magno Malta esses seriam elementos "destrutivos para a família brasileira". A emissora teria burlado a lei para atender patrocinadores.

TV Globo 2

É na verdade a busca desenfreada por audiência na televisão invadindo os lares brasileiros.

Lembro-me que no meu tempo de menino, filmes em cartaz nos cinemas com cenas e conteúdo bem menos pesado, comparativamente, somente maiores de 18 anos podiam assistir. No cinema!

Hoje está aí tudo liberado na televisão em horário considerado cedo para crianças e adolescentes, com tudo de ruim para a formação de uma personalidade. Pode isso?

quarta-feira, 25 de março de 2015

Inflação de Tombini

INFLAÇÃO Tombini, do BC, faz previsão otimista
Foto de Marcelo Camargo/Agência Brasil

É preciso ver para crer, mas o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, previu nesta terça-feira (24), que, a inflação a partir de abril vai ceder e será inferior as taxas mensais que vêm ocorrendo no primeiro trimestre.

Portanto, a conferir, como diz Ancelmo Góis.

Pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 1,24% em janeiro e, em fevereiro, em 1,22%. Aguarda-se ainda a de março, quando terminar o mês.

terça-feira, 24 de março de 2015

Consumo na Páscoa

Apesar das dificuldades econômicas, com salário encolhendo e dispensa de empregos, a tradição da Páscoa na Semana Santa, início de abril, vai se manter sim, segundo pesquisa da Fecomércio RN.

Seu instituto de pesquisa (IPDC) estima que o gasto médio dos consumidores em produtos típicos da época vai girar em torno de R$ 157,07, de acordo com a amostra dos entrevistados.

Páscoa 2

No levantamento da pesquisa da Fecomércio 84,4% afirmaram a intenção de presentear familiares com produtos como ovos de chocolate, caixa de bombons, barras de chocolate ou chocolates caseiros. E mais: entre os entrevistados 81,2% deverão consumir peixes ou crustáceos, cardápio típico da Semana Santa.

segunda-feira, 23 de março de 2015

RN na poeira

O Brasil conseguiu imunizar quase 98% do rebanho bovino em 2014 contra a febre aftosa, no entanto, o Rio Grande do Norte teve o menor índice do Nordeste (83,62%) nessa vacinação e o terceiro pior do país.

Na região Norte, ocorreram os menores índices na Amazonas (82,62%) e no Amapá (78,45%, conforme o balanço divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Poeira 2

A vacinação contra a febre aftosa é importante a fim de manter a sanidade do gado, para que o rebanho esteja sempre livre para exportar e também para vender no mercado interno. O país, hoje, ostenta posição de líder mundial na exportação de carne.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Apesar do outono

Termina o verão no hemisfério sul e entra o outono, a estação anual de transição para o inverno. Mas, por enquanto, a temperatura máxima permanece em Brasília (DF) no Planalto e Congresso.

O irmão de Ciro Gomes (Pros), o ex-governador cearense Cid Gomes não emplacou nem três meses como ministro da Educação do governo de Dilma Rousseff (PT) e tocou fogo no circo.

Ainda continuam altas as laberadas deixadas por Cid que correu de volta para o Ceará. Deu o recado: não é com ele baixar o fogo dessa crise política.Não nasceu pra diplomata.

Imaginou um desses Gomes cearenses no Planalto?! Ligeirinho arranjaríamos uma guerra mundo afora – ou quando não, aqui mesmo.

A destemperança não tem limite. É assim mesmo, no pau! 

quinta-feira, 19 de março de 2015

Acalmar um cacete!

Em meio às notícias da televisão na noite desta quarta-feira (18), engraçado foi ouvir uma repórter local dizer que o Batalhão de Choque da Polícia Militar invadiu o Presídio Provisório Raimundo Nonato, na zona norte de Natal, para "acalmar" os presos rebelados.

Acalmar é? Cada policial do BP Choque com um cacetete tamanho família e armado até os dentes?! Mais fácil acreditar que iriam conter ou controlar o motim.

quarta-feira, 18 de março de 2015

Falência do sistema prisional

Está aí outro grave problema brasileiro, além da corrupção política e empresarial, que faz tempo deixou de ser questão isolada dos Estados: o aumento da violência no país e a falência do sistema prisional. A expansão do mercado da droga ilícita está inserida nessa realidade.

O Rio Grande do Norte, principalmente a sua capital Natal, viveu nesta segunda-feira (16) um inferno de rebeliões em presídios e vandalismo em vias públicas com incêndios de ônibus, a exemplo do que já aconteceu em outras cidades brasileiras, apavorando a população.

Essa questão virou preocupação nacional que precisa de ações urgentes do governo federal e dos Estados para voltar ao controle e conter novas rebeliões orquestradas de dentro dos presídios sem segurança.

É evidente que não se resolve esse problema com apenas o uso da Força Nacional de Segurança enviada a cada Estado que entre em calamidade como o RN.

O povo brasileiro clama por muito mais e por ações, obviamente, que venham rápidas numa parceria do Ministério da Justiça e governos de Estados.

Do contrário, problemas como o das rebeliões de presos e aumento da violência urbana vão cada vez se avolumando sem soluções, recebendo apenas medidas emergenciais.

terça-feira, 17 de março de 2015

Em queda livre

Nem o próprio Lula consegue hoje mobilizar seu partido como antigamente.

Sua convocação aos petistas para ocuparem as ruas na sexta-feira (13) foi um fiasco diante do marzão de gente que se viu no domingo (15) nas ruas de cidades deste Brasil em protesto ao governo do PT.

"Parece que temos vergonha de ter ganho a eleição" – publicou uma revista semanal.

Declaração atribuída ao ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva antes da sexta-feira, como incentivo à mobilização dos petistas.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Pé no freio

Desde este domingo (15), quem dirige carro em Natal deve tomar cuidado. É melhor aliviar o pé no acelerador e prevenir com velocidade no limite entre 50 km e no máximo60 km para não ser multado.

A cidade está cheia de radares e lombadas eletrônicas por aí, sobretudo nos cruzamentos. São 26 pontos da capital potiguar monitorados eletronicamente 24 horas limitando a velocidade dos automóveis.

Vai pagar multa e perder pontos na carteira de motorista quem passar do limite ou avançar na faixa de pedestres. Portanto, por via das dúvidas, o melhor é manter a velocidade reduzida em 50 km.   

sexta-feira, 13 de março de 2015

Árvores antigas

Principalmente em período de chuvas em Natal, uma vez por outra temos notícia de desabamento de árvore que desaba sobre carros estacionados debaixo dela.

Algumas vezes ao passar pela avenida Senador Salgado Filho, no trecho entre as avenidas Bernardo Vieira e Alexandrino de Alencar, zona leste, fico a imaginar as condições daquelas árvores antigas do canteiro central.

Será que a prefeitura já realizou algum estudo técnico da situação dessas árvores, para diagnosticar o estado de cada uma delas? Por ali flui um trânsito intenso com retenções na via por conta dos semáforos.

Árvores 2 

Quando há perigo de cair, a árvore deve ser removida e no local plantada outra para assim manter a arborização da cidade.

Não é só com lagoas de captação, bueiros e drenagem pluvial que as secretarias da prefeitura da capital devem se preocupar. A conservação das árvores também, antes que caiam.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Armas de crimes

Cai um mito que era sustentado para explicar muitos homicídios e roubos no Brasil, dizendo que as armas usadas tinham origem no exterior. Não é bem assim, segundo a ISTOÉ. Apenas 2% do armamento que estavam com criminosos tinham fabricação no exterior.

A revista diz, em reportagem de Fabíola Perez, que 38% de armas apreendidas na capital paulista foram vendidas legalmente e só depois desviadas. Porém, o mesmo estudo revela que é impossível detectar a origem de mais da metade das armas por conta do número do registro apagado.

Armas 2

Se as autoridades brasileiras querem de fato manter o controle de armas vão ter que apertar o cerco no mercado nacional, adotando outros meios para descobrir de onde vêm as armas que andam de mãos em mãos dentro do país.

O primeiro passo seria um rastreamento mais qualificado por parte da polícia para marcação de armas, sugeriu o representante do Instituto Sou da Paz, Bruno Langeani, responsável pela pesquisa em parceria com o Ministério Público do Estado de São Paulo.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Viajando por aí

Brasileiros e brasileiras estão viajando mais dentro do próprio país. Esse número cresceu em 206 milhões de pessoas em 2014 que escolheram passar as férias por aqui mesmo, o que se configurou num recorde para a série histórica iniciada em 2005, segundo A Voz do Brasil noticiou um dia desses.

Na comparação com 2013, o crescimento foi de 5 milhões de viajantes. A maioria optou pelo avião para viajar. Aqui em casa, eu e a mulher fazemos parte dessa estatística nos dois anos de referência. O passeio doméstico ainda é uma opção, principalmente, para quem ainda não conhece bem seu país.

terça-feira, 10 de março de 2015

Águas de março no RN

As chuvas principiam em municípios das regiões potiguares, marcando a quadra chuvosa no RN que vai de março até junho. Mas as maiores precipitações abrangeram apenas as microrregiões Leste e Agreste.

Quer dizer, caíram com mais intensidade no litoral potiguar, inclusive Parnamirim (118,3 milímetros), Maxaranguape (92,0 mm) e Baía Formosa (76,2 mm). Em Natal o pluviômetro marcou 62,2 mm.

No interior mesmo, na zona do semiárido, como nas microrregiões Sertão de Angicos, Vale do Açu e parte do Seridó, as chuvas foram ainda de fracas a moderadas no fim de semana recente.

É bom que chova com regularidade principalmente onde mais precisa, no semiárido potiguar. Não sei em quantos dos 167 municípios do Estado o monitoramento das chuvas está funcionando.

Quase sempre o serviço da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) que faz esse monitoramento funciona apenas parcialmente, e não abrange todos os municípios por região.

segunda-feira, 9 de março de 2015

3ª Edição da Festa Anos 60

No fundo, cabeceira da mesa, estão Antônio Teófilo Filho
(à dir.) e a mulher Irany . Ainda do mesmo lado estão
Vicente Sobrinho, Altino e eu (Aécio). Lado esquerdo
começa com Emmanuel Mateus, Gabriel e, na ponta,
Fernando Nunes
Estamos voltando ao blog depois da folga do fim de semana, já com a notícia da 3ª Edição da Festa dos Anos 60, 70 e 80, que vai ser em 19 de setembro, em nossa cidade de origem Afonso Bezerra/RN.

Em reunião-jantar aqui em Natal, o grupo-colônia "Amigos para Sempre" definiu a data para começar a organizar o evento daqui em diante e contratar a banda que animará este ano a festa-baile.

Esse encontro de todos os afonso-bezerrenses que hoje residem fora da cidade em que nasceu ou viveu por algum tempo, vem se tornando tradição do calendário anual.

É o terceiro ano que o mesmo grupo de amigos organiza a festa de muito sucesso no município.

sexta-feira, 6 de março de 2015

Celular ao volante

Aqui em Natal ainda se insiste muito no uso do telefone celular ao volante, até mesmo em cruzamentos de intenso tráfego de veículos, onde guardas de trânsito se postam em determinados horários de pico.

Aliás, no Brasil, usar o celular dirigindo automóvel tornou-se uma das principais causas da distração no trânsito, o que aumenta o risco de acidentes em até 400%, como atropelamento e colisão. Trata-se de infração pelo Código Brasileiro de Trânsito.

Essa notícia que ouvi n'A Voz do Brasil, baseia-se em pesquisas, a qual aponta que o uso do celular no trânsito é tão perigoso quanto beber para dirigir.

quinta-feira, 5 de março de 2015

É o quarto geração

Muita gente país afora na onda do pega bem: o telefone celular 4G – ou seja de quarta geração.

O Brasil registrou crescimento de 416% em acessos móveis do 4G, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou, em notícia nacional.

Isso significa que o Brasil terminou 2014 com mais de 6,7 milhões de acessos móveis de quarta geração. Em dezembro de 2013 eram 1,3 milhão de linhas ativas no país.

Está sendo instalado de forma gradativa, mas como se contata, expande-se rápido.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Bolsa viagem

Diante de tanta pressão popular e uma repercussão negativa, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recua de medida adotada pela Mesa Diretora que garantia a concessão de passagens a mulheres e maridos de parlamentares.

O Ministério Público Federal havia dado prazo de 20 dias para que Cunha revogasse tal medida apelidada de "bolsa- viagem", deu no jornal O Globol. Essa pegou mal mesmo!

terça-feira, 3 de março de 2015

Novo Proadi à vista

É tudo com que os industriais potiguares sonham faz tempo: um novo Proadi – Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte.

Pode ser que agora saia numa versão do governo Robinson Faria, que foi ao encontro dos empresários, na Casa da Indústria, em Natal, e manifestou boa vontade em atender o pleito da Fiern.

Numa declaração disse o governador: "Estamos buscando enriquecer o Estado criando um ambiente favorável para isso, e não aplicando novos tributos".

segunda-feira, 2 de março de 2015

Achatamento da isenção fiscal

Li notícia na coluna Direto da Fonte, por Sônia Racy, que mostra como o governo federal corrói os ganhos na renda dos brasileiros e brasileiras.

Há 19 anos estavam isentos do Imposto de Renda os contribuintes que ganhavam ate oito salários mínimos. Hoje já paga imposto quem ganha pouco mais de 2,47 mínimos por mês.

A comparação é um estudo feito pelo sindicato nacional das áreas contábeis.

Enquanto isso, o país aguarda a discussão no Congresso ao veto presidencial - ou não - da alíquota de 6,5% à correção da tabela do IR. O governo baixou para 4,5%.

domingo, 1 de março de 2015

Migração de empregos

Nestes tempos de turbulências na economia brasileira, salvar o emprego é a preocupação de muitos assalariados na gestão do governo do Partido dos Trabalhadores, segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, sucessora de Luís Inácio da Silva, o Lula, principal referência.

Como a área industrial no país anda mal das pernas, demitindo empregados para salvar a própria pele, leio no site do jornal Estadão que desempregados buscam o setor de serviços. Este, contudo, não está imune à crise econômica, pois já começa a dar sinais de dificuldades.

É a estagnação da economia em marcha no país, que entra num ano difícil de atravessar. Ajuste fiscal do ministro Joaquim Levy ameaça emprego dos trabalhadores. Tudo que o PT de Lula não queria, mas que já é fato da vida real.

REFRIGERANTE Ainda na dieta de muitos

Pensei que, com um batalhão de nutricionistas condenando os refrigerantes na dieta contra os males à saúde humana, os refrigerantes tives...