segunda-feira, 30 de junho de 2014

A cidade volta à rotina

FIFA FAN FEST Evento domina nas cidades-sede
Nesta segunda-feira de início da semana deu para perceber que a cidade de Natal voltou à rotina com sua própria população. Nos shoppings e hipermercados já não esbarramos em tantos turistas estrangeiros como durante o período dos jogos da primeira fase da Copa do Mundo aqui.

Se bem que a Copa continua por aí afora, em outras cidades-sede, e não raro costumamos aqui em Natal encontrar levas de turistas que vieram nos visitar. Com Copa do Mundo ou sem esse grandioso evento esportivo a cidade permanece sendo um dos destinos turístico de gringos, porém com menor intensidade.

Afora turistas de outras regiões daqui mesmo do país que costumam nos visitar o ano todo, com ênfase maior na estação de veraneio. É bom lembrar que atualmente estamos no inverno e o mês junino festivo já se encerrou. No inverno, temos ainda poucas atrações no Estado, em cidades serranas de clima frio.

A propósito de junho ser sempre um mês muito festivo por aqui, este ano por conta do clima de Copa e das fortes chuvas, as festas do São João e São Pedro praticamente passaram despercebidas. A Copa tem sido o foco maior pela cidade inteira. Entramos o mês de julho voltados para a Copa.

Vamos pedir perdão aos santos Santo Antônio, São João e São Pedro por nossa falta de maior atenção a essas datas festivas do calendário nordestino. Afinal, por conta da Copa, pouco se ouviu falar este ano de quadrilhas juninas, comidas típicas e de bons forrós. As atrações da  Fifa Fan Fest falaram mais alto.

domingo, 29 de junho de 2014

Holanda perigosíssima

Mantenho como primeira favorita o que já disse aqui em outro artigo escrito anteriormente na primeira fase deste Mundial. A seleção da Holanda é a mais cotada para disputar a final desta competição da Fifa e levantar a taça. Deus queira que não e seja mesmo o nosso Brasil!

Mas o timaço holandês com seus craques, só precisa mesmo de dois ou três minutos do final da partida para desmanchar qualquer equipe adversária. A velocidade de seus contra-ataques é fulminante e de bola na rede. É quase certo que a Holanda passe às semifinais vencendo a Costa Rica.

O Brasil penou contra o Chile mas chegou às quartas de final. Foi prejudicado pela arbitragem que deixou de marcar um pênalti e anulou um gol legal, nos dois casos envolvendo o jogador Hulk, porém contou com o talento de seus jogadores e sorte para ganhar nos pênaltis.

Vamos ver agora o que vai acontecer sexta-feira contra a Colômbia que também é osso duro de roer. Não quero nem imaginar se chegar a uma final contra a Holanda. É a única a se temer mais.

sábado, 28 de junho de 2014

Fase da prova de fogo

Chegamos as oitavas de final da Copa do Mundo de 2014 que começa neste sábado (28). Agora o desafio é maior. Não existe seleção ruim, todas têm a chance de eliminar o outro. É vencer e vencer, pois qualquer derrota elimina a seleção sem dó e piedade, acabando com as esperanças de chegar a fase seguinte.O Brasil enfrenta o Chile, no Minerão, às 13h, e agora é a hora do vamos ver. Se Neymar e Fred estiverem em estado de graça o Brasil passa para as quartas de final. Como as seleções se equivalem, é preciso contar também com a sorte. Não é só jogar bem. Tem time que joga bem e não ganha. É ter o mesmo desempenho ou maior do que na Copa das Confederações. O Chile tem boa seleção e quer vencer o Brasil. Outra é que não tem essa de empate. Tem prorrogação ou disputa de pênaltis.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Um governo perdido

O governo de Rosalba Ciarlini (DEM) no Rio Grande do Norte permanece o mesmo desde o começo até seu fim: totalmente perdido sem rumo definido. Desde o início, nunca se encontrou consigo mesmo. Até o próprio partido não teve razões para aprovar a reeleição da governadora.

Está terminando sem deixar nenhuma marca, nenhuma saudade. Antes pelo contrário: a torcida é para que termine o mais depressa possível. Teme-se que nestes seis meses que faltam para acabar, a situação fique pior, pois nada se espera até lá. São quatro anos que se pode dizer perdidos.

Obras como o novo aeroporto de Natal e o estádio Arena das Dunas só saíram por causa da Copa do Mundo, contando com a boa vontade do governo federal, atendendo pleito de governo anterior. Por isso, Rosalba não pôde capitalizar vantagens dessas importantes obras para Natal.

Qualquer avaliação que se faça do governo rosalbista nestes mais de três anos, aproximando-se dos quatro anos do primeiro mandato, o resultado é bastante vulnerável. Um governo que não deu certo mesmo.

Agora não sabe quando paga  a primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais.

Tudo que não acontecia de ruim em governos anteriores, lamentavelmente, acontece na atual gestão pública do governo Rosalba Ciarlini. Assim mesmo ainda queria um mandato de quatro anos para a frente. Político brasileiro vive sua própria realidade e ignora a dos outros que o elegeram.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Retorno à normalidade

METRÔ Alternativa de transporte a caminho
Até que enfim a longa greve de quase 15 dias dos rodoviário de ônibus em Natal chegou ao fim e a frota do transporte coletivo voltou a circular nesta quinta-feira (26) para alívio geral. Porém o problema vivido pela cidade durante os jogos da Copa do Mundo aqui deixa um alerta.

O poder público precisa investir em alternativa de transporte de massa urgentemente, do tipo metrô de superfície, para que em situações assim possa contar com um plano B de mobilidade urbana. Não é mais possível dispor de apenas um único meio de transporte coletivo para a população.

É necessário que os governos das três esferas (federal, estadual e municipal) cuidem dessa questão o quanto mais depressa possível, para que a cidade de Natal conte com alternativas de transporte. Só assim se concorre para futuramente diminuir nas ruas, avenidas e praças, a frota circulante de carros particulares.

O VLT (veículo leve sobre trilhos) que se anuncia é a alternativa viável para acabar com essa dependência única do transporte de ônibus na cidade. Que venha logo!

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Atrapalhando rotina da cidade

Nunca se tinha visto uma greve tão longa de rodoviários de ônibus das linhas urbanas, que está atrapalhando o retorno à rotina dos natalenses nesta época de Copa do Mundo. São quase 15 dias que a frota de ônibus da cidade deixou de circular normalmente e cria assim dificuldades para as pessoas se locomoverem.

Trabalhadores não têm como chegar ao seu trabalho, o comércio levou um baque nas vendas durante os quatro jogos da Copa do Mundo aqui em Natal, e ninguém ao menos até agora se entende para a volta da normalidade. Os trens urbanos daqui não atendem todas as regiões urbanas da cidade.

A ideia de se ter metrô de superfície por aqui vale para que a cidade conte com um sistema alternativo de transporte público de massa. Esse projeto de mobilidade, que está em andamento, prevê que o metrô no futuro atenderá as quatro regiões (sul, norte, leste e oeste) da cidade, com esse transporte circulando em linhas estratégicas.

Essa expansão do transporte de massa é indispensável para que Natal tenha num futuro próximo um plano B que atenda a população em caso de greve dos rodoviários como agora. A cidade cresce e se aproxima de quase 1 milhão de habitantes. É importante que se planeje o futuro para não depender apenas de um único sistema de transporte público para a mobilidade.

A economia de setores como o comércio e a indústria está sendo afetada por conta do impasse na greve dos rodoviários em Natal. Esta cidade ficou sem ônibus quando mais precisava, exatamente durante os jogos da Copa do Mundo aqui. É tempo de se buscar alternativas para o transporte de massa.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Um tempo festivo

Natal, assim como outras cidades-sede da Copa do Mundo, tem vivido um tempo festivo de mistura de nacionalidades, idiomas e cores por quase toda cidade. Por onde andamos, lá estão de mexicanos a camaroneses, de americanos do norte a ganeses, de japoneses a gregos, e agora por último de uruguaios a italianos, que estão vindo aqui acompanhar suas seleções de futebol jogar.

Nem sempre vão embora assim que sua seleção nacional joga. Alguns demoram mais tempo passeando por aí, conhecendo um pouco do que temos para mostrar aos de lá de fora. Até em supermercados, fazendo compras estão por lá, tagarelando com seus idiomas estranhos ao nosso. Natal que é uma cidade de destino turístico no mundo, nunca tinha recebido assim tantos gringos.

São restaurantes lotados e bares em festa pela cidade toda, sobretudo nos pontos mais frequentados do turismo em Natal. Tem sido uma festa do dia a dia que vai começar a se encerrar a partir desta terça-feira (24), com o último jogo dos quatro da Copa  que o estádio Arena das Dunas recebe, em que uruguaios e italianos disputam a competição mundial da Fifa.

A Federação Internacional de Futebol é exigente, como tem de ser mesmo, exige demais, torna-se até chata, mas faz uma festa de nacionalidades sem igual. A Copa do Mundo em um país, distribuída entre cidades selecionadas, é realmente bem organizada e impressionante para quem a recebe.

Pena que Natal viveu estes dias greve dos rodoviários de ônibus e chuvas fortes que provocaram desastre natural. Enquanto o povo se diverte nas ruas, deslizamentos de terra nas dunas de Mãe Luíza, bairro da zona leste de Natal, geram sofrimentos para famílias.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Favoritos da Copa 2014

É possível que com o término da primeira fase da Copa do Mundo 2014 esta semana, tenhamos uma visão mais clara dos favoritos que chegarão à final da competição da Fifa, caso não haja zebra até lá. Por enquanto, aposto pela ordem nos seguintes: Holanda, França, Brasil e Alemanha.

Adianto que não sou comentarista esportivo, trata-se apenas de um palpite que pode mudar nas oitavas de final, imagine nas quartas de final. Tudo vai depender do desempenho dessas favoritas daqui em diante, uma vez que futebol mostra uma tendência com risco de mudança no jogo seguinte.

Brasil vai conferir nesta segunda-feira (23), às 17h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, se realmente é favorito. Tem tudo para isso, pois, a seleção de Camarões já está até desclassificada desta Copa e vai apenas cumprir o jogo da vez para se despedir. No entanto, pode surpreender nesta partida.

Em Copa não se pode subestimar nenhum adversário, já que todos estão ali porque mereceram e cada jogo conta com o desempenho no dia.

domingo, 22 de junho de 2014

Mobilidade apenas parcial

Afinal, as obras de mobilidade urbana tão esperadas para o período da Copa do Mundo em Natal estão sendo entregues apenas parcialmente. Nem tudo foi entregue a tempo como prometeu o prefeito Carlos Eduardo Alves, e nem todos os prazos estão sendo cumpridos como prometidos.

Faltam túneis, passarelas e um viaduto na BR 101, obras que ainda não foram liberadas e que dependem de uma trégua das chuvas em Natal para que os serviços sejam terminados, segundo a prefeitura. Um dos túneis mais importantes dessas obras, o da avenida Raimundo Chaves, talvez seja entregue no fim de junho.

Vi informação da prefeitura que a passarela da avenida Lima e Silva, em Lagoa Nova, também deve ser ser entregue até o fim do mês. Outras obras vão demorar mais tempo e só lá para o fim de julho. Aqui em Natal, a Copa termina nesta primeira fase, com o jogo de terça (24) entre Itália x Uruguai.

Ainda faltam os túneis da Capitão Mor-Gouveia e Jerônimo Câmara, uma passarela sobre a avenida Prudente de Morais e o viaduto da BR 101 próximo ao estádio Arena das Dunas. O túnel da Romualdo Galvão ainda só permite liberação na direção de Nova Descoberta e retorno via Centro da cidade.

Nesse caso, falta ainda liberar a saída do túnel que dá acesso à zona sul pela BR 101, o que talvez só  ocorra depois do viaduto em construção concluído. A rigor, falta ainda muita coisa, até que o trânsito e pedestres estejam livres totalmente para transitar pelo complexo viário inaugurado incompleto.

sábado, 21 de junho de 2014

Desmotivação governamental

ROSALBA Sem notícia do 13º
Depois das derrotas sofridas pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM) no seu próprio partido, impedida de ser candidata à reeleição pelo diretório estadual e na convenção do Democratas, o governo do RN não sabe quando pagará a primeira parcela de 40% do 13º salário, como é feito em junho de cada ano.

Se o governo de Rosalba já não funcionava até então, agora vai ficar pior com a possível desmotivação governamental. É aquele velho entendimento, time que perde tanto faz ser de um como de dez a zero. A desmotivação é a mesma.

Na verdade, a tendência nestes seis meses restantes de gestão é o governo de Rosalba demonstrar mais e mais indiferença no comando do Estado. Seguramente, o governo já teria providenciado o pagamento se a governadora fosse enfrentar uma reeleição. Como foi rejeitada, eis a retaliação: seja o que Deus quiser!

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Mais Copa vem aí

Depois desse empate Japão 0 x 0 Grécia, no estádio Arena das Dunas, em Natal, a cidade vai ser sede de mais uma importante partida: vêm aí italianos e uruguaios. Na terça-feira, dia 24, às 13 horas, a bola vai rolar nesta fase primeira da Copa por aqui. É o último jogo de quatro programados para o estádio local.

Mesmo com o empate desta quinta-feira, 19 de junho, as torcidas não perderam a animação e a cidade teve mais uma noite festiva por aí afora, depois do jogo. O Japão poderia ter ganho o jogo, pois teve mais chances sobre o gol adversário, mas não foi feliz nas finalizações e a partida terminou sem gols.

Estádio lotado, como mostraram as televisões, um espetáculo esportivo de muita alegria das torcidas. A cidade virou uma festa de muitos dias. É pena que chuvas fortes causaram problemas no período inicial dos jogos, assim como uma greve de rodoviários aqui de Natal, que ainda permanece.

O outono está terminando e estamos entrando no inverno. É comum por aqui chuvas neste mês de junho.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Obras do complexo viário

Com os jogos da  Copa do Mundo, o Complexo Viário Dom Eugênio de Araújo Sales, aqui em Natal, inaugurado às pressas e com obras inacabadas, sumiu do noticiário local. Não se vê ou se ouve mais uma notícia dos túneis que ainda não estão liberados para o tráfego de veículos.

Pelo menos o túnel da rua Raimundo Chaves com a avenida Prudente de Morais, em Candelária, zona sul, ainda não está liberado, embora já haja tempo para isso. Outro que também não vi liberado até agora é o da avenida Capitão Mor-Gouveia, próximo ao estádio Arena das Dunas.

A Copa do Mundo e as chuvas fortes que estão caindo em Natal com a aproximação do inverno mudaram o foco do noticiário local e o complexo viário deixou de ser notícia. Não deveria, pois, trata-se de importante obra que deve ser acompanhada dia a dia. Até porque foi inaugurada de forma incompleta.

Só depois do conjunto de obras entregue totalmente é que o complexo viário deixa de ser notícia. Enquanto não é importante cobrar o que ainda não foi entregue do legado de mobilidade urbana da Copa. Quais os túneis liberados, o que falta nos não liberados ao trânsito, e ainda quando tudo estará entregue.

Cadê as passarelas para pedestres? Ainda não vi. Também é necessário que todas essas obras sejam entregues com a sinalização para orientação da população. Qual a importância desse viaduto da BR 101 que estará pronto só depois da Copa? Não vi nada esclarecedor no noticiário.

Que opções tomar da zona sul para a zona oeste em direção à estação rodoviária, na Cidade da Esperança? Pois é, porque a avenida Capitão Mor-Gouveia, que permanece em obra, vai ser mão única no sentido zona oeste–zona sul depois de liberada.

É preciso que a gente entenda tudo para valorizar cada obra do complexo viário em seu todo nas nossas necessidades do dia a dia. Os túneis, viadutos e passarelas formam o conjunto. Nem para todas encontrei esclarecimentos da importância de seu uso.  

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Futebol é isso aí!

GOLEIRO mexicano fechou o gol
O Brasil 0 x 0 México desta terça-feira (17) da Copa do Mundo frustrou a torcida brasileira, porém não chegou a ser o pior, que seria a derrota. Não fizemos gols, mas também não levamos e continuamos como líder do grupo A, com chances de vencer a próxima partida, dia 23, entre Brasil x Camarões.

Até que a seleção brasileira tentou fazer gol mais do que o México, mas o goleiro Gullermo Ochoa estava em seu dia de estado de graça e defendeu todas, fechando o gol mexicano do começo ao fim. E assim a festa brasileira não foi completa, como se esperava. Futebol é assim mesmo!

Como já disse aqui em outro artigo, até agora as seleções que me impressionaram pelo volume de jogo têm sido mesmo Holanda e Alemanha, que aplicaram boas goleadas em seus adversários, respectivamente, Espanha e Portugal. Ambas estão embaladas para as próximas partidas. Vamos ver o que acontece.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Natal em clima de Copa

ARENA DAS DUNAS Vista interna antes dos jogos
Em dois jogos realizados de quatro programados para o estádio Arena das Dunas, em Natal, a cidade vive clima festivo de Copa do Mundo, com muitas torcidas estrangeiras pelas ruas, shoppings, bares e  outros locais comuns aos turistas. A chuva que caiu no primeiro jogo dia 13, sexta-feira, deu uma trégua.

O trânsito foi intenso nesta segunda-feira (16) e o movimento agitado antes da partida entre Estados Unidos e Gana. A festa foi americana comemorando os 2 a 1 da disputa em campo. No primeiro jogo quem celebrou a vitória foram os mexicanos com o resultado de 1 a 0 sobre a seleção de Camarões.

Resta ainda para a Arena das Dunas na capital potiguar dois jogos da Copa: dia 19, quinta-feira, Japão e Grécia; e dia 24, uma terça-feira, Itália e Uruguai, jogo de muita expectiva em todo o Brasil. Embora a seleção Uruguai não tenha se apresentado bem na primeira partida contra a Costa Rica. Perdeu por 3 a 1.

Entre as seleções que já pintam como favoritas estão Holanda e Alemanha, além do Brasil, que está bem e joga em casa, ao lado de sua torcida. Vamos ver neste segundo jogo da seleção brasileira contra a mexicana se o Brasil continua como favorito nesta fase do Mundial, o que se espera que sim.

Nesta terça (17) é a capital cearense que está agitadíssima como sede da disputa entre Brasil x México, logo mais às 16h, no estádio Castelão. Por aqui, em Natal, muita expectativa, assim como em todo o país. Uma Copa do Mundo seja aqui ou lá fora é realmente uma festa. Imagine sendo aqui no Brasil!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Rosalba perde na convenção

O DEM (Democratas) do Rio Grande do Norte realizou sua convenção estadual neste domingo (15) e não deu em outro resultado: a governadora Rosalba Ciarlini teve negada a legenda do partido para a candidatura de sua reeleição, o que já havia acontecido no reunião do diretório estadual.

Sem candidatos às eleições majoritárias ao governo do RN e ao Senado, o DEM potiguar optou claramente pelas alianças partidárias a favor de seus candidatos nas eleições proporcionais de deputados estaduais e federais, proposta defendida pelo senador José Agripino Maia, presidente nacional do Democratas.

E agora diante da derrota de seu grupo o que vai fazer Rosalba Ciarlini e seu marido, ex-deputado Carlos Augusto Rosado, mentor do projeto político e administrativo rosalbista no Estado? Simplesmente calar e acatar o resultado da convenção partidária? Por enquanto, o momento é apenas de expectativa.

domingo, 15 de junho de 2014

Além da Copa do Mundo

AGRIPINO Contra reeleição

Neste domingo (15), metade do mês de junho, temos importante fato político para acompanhar, além do andamento dos jogos da Copa do Mundo. O DEM (Democratas) no Rio Grande do Norte está rachado em duas correntes para as eleições deste ano em 5 de outubro. A corrente rosalbista que apoia a candidatura da governadora Rosalba Ciarlini à reeleição; e a outra que segue o líder José Agripino Maia.

Essa corrente que segue a orientação do senador José Agripino Maia é contra a reeleição de Rosalba Ciarlini e prefere não apresentar candidatos para o pleito majoritário de governador e senador, priorizando apenas as alianças partidárias para as eleições proporcionais de deputados. O diretório estadual já decidiu essa opção, porém, falta a realização da convenção partidária que se realiza neste domingo.

É curioso ver o que vai acontecer  no DEM do senador Agripino e governadora Rosalba. A convenção estadual se realiza das 9h às 13h na sede do partido em Natal. O que sair da convenção representa vitória para um lado dentro do partido e,claro, derrota para o outro. Até aqui prevalece a liderança de Agripino.

sábado, 14 de junho de 2014

Estádio à prova d'água

COPA Torcida mexicana em Natal/Foto: Canindé Soares
Nesta sexta-feira (13) de Copa do Mundo no Brasil, inclusive com jogo aqui em Natal, o novo estádio Arena das Dunas passou no grande teste e mostrou que é à prova d'água, sim senhor! Foi isso que me chamou mais atenção com essa chuvarada toda na cidade.

México 1 x 0 Camarões, na primeira partida da competição mundial na capital potiguar de quatro jogos que ocorrerão na Arena das Dunas exibiu para o mundo que temos um estádio à altura do melhor padrão internacional. A drenagem do campo funcionou muito bem sem que o campo ficasse encharcado.

Também não houve alagamento no entorno do estádio como se temia, a exemplo do que aconteceu de outra vez em chuvas aqui em Natal. Ao que parece, tudo funcionou conforme o padrão Fifa determina para os estádios de sua competição pelo mundo.

A cidade de Natal nesta sexta-feira estava uma festa por aí afora, nas ruas, bares, restaurantes e shoppings, por onde se andava, com muitos turistas estrangeiros circulando, divertindo-se e gastando grana. Nunca tinha vista Natal assim, nem mesmo num de suas principais eventos de público, chamado de Carnatal.

Tantos estrangeiros faziam, sim, a diferença, apesar desta capital  ter tido um dia atípico, com greve dos rodoviários de ônibus das linhas urbanas e muita chuva durante o dia todo. Creio que o clima de Copa com jogos também aqui manterá a cidade festiva até o fim do torneio e das festas juninas. Natal é uma festa!!!

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Arrancada brasileira na Copa

CRAQUE Neymar Jr.: dois gols
Uma vitória sofrível na estreia da Copa, mas que valeu Brasil 3 x 1 Croácia. Agora é esperar o segundo jogo da competição mundial na terça-feira (17), no Castelão, em Fortaleza. O adversário do Brasil é o México que joga contra Camarões nesta sexta-feira na Arena das Dunas, aqui em Natal.

O pênalti sofrido pela Croácia embora polêmico, o Arnaldo, comentarista de arbitragem da TV Globo, não me convenceu afirmando que não foi. Houve sim, o jogador da Croácia puxou o atacante brasileiro Fred que caiu e não pôde avançar acompanhando a jogada. Desculpe-me o Arnaldo César Coelho, ele viu mal.

Depois não quis voltar atrás no que disse e os demais companheiros não quiseram deixá-lo mal. No entanto, a câmera da televisão mostra claro que Fred foi puxado. A gente vê a mão do jogador adversário sobre o ombro do atacante brasileiro, sim. Estou com a arbitragem que deu o pênalti. Nesta não estou com Arnaldo.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

É Copa do Mundo no Brasil

Na Copa do Mundo da Fifa de 1950 eu ia ainda fazer um ano de nascido e, portanto, não tive como acompanhá-la. Melhor assim, porque foi uma grande decepção para nós brasileiros que jogávamos pelo empate e terminamos deixando o Uruguai virar o placar, depois de ter feito o primeiro gol. Perdemos por 2 a 1. Até hoje o Brasil não esquece a frustração.

ARENA DAS DUNAS Aqui a bola vai rolar nesta sexta 13
Agora na segunda Copa que o Brasil é sede, estou mais que maduro para acompanhar. Tomara que desta vez levemos a melhor em campo, uma vez que a seleção brasileira é uma das favoritas como naquela época. A expectativa é grande de todos brasileiros de que desta vez a História conte a nosso favor.

Embora estejamos preparados porque futebol é jogo em campo, dentro de quatro linhas e não se sabe o que pode acontecer, se  chegarmos à final. É claro que confiamos na nossa seleção, que está bem preparada, mas competição tem outros favoritos assim como o Brasil com excelentes craques.

Vamos torcer que a bola vai começar a rolar a partir desta quinta-feira, 12 de junho. O Brasil enfrenta a Croácia, pelo grupo A, às 17h, no estádio Itaquerão, em São Paulo, abrindo a competição. E aí é naquela base: "Aguenta coração!!!" – como diz o narrador Galvão Bueno.

Melhor ainda que, nesta Copa, a cidade de Natal entra para a História das Copas como uma das 12 cidades-sede da competição mundial. Logo nesta sexta-feira (13), temos no estádio Arena das Dunas, em Lagoa Nova, a partida às 13h entre México x Gana.

A cidade vive desde às vésperas o clima de Copa do Mundo aqui, com muitos turistas chegando, o trânsito intenso e uma movimentação de festa. Não bastasse a Copa do Mundo acontecendo, junho é mês de muitos festejos juninos no Nordeste todo. Natal não deixa por menos.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Custo com táxi do aeroporto

Nem bem o Aeroporto de Natal, em São Gonçalo do Amarante, é inaugurado e a corrida de táxi já foi reajustada. O valor da bandeirada vai custar R$ 4,55 e o quilômetro rodado R$ 3,35. Já fiz as contas. Com esses valores, uma corrida do aeroporto para partes da zona sul natalense vai sair por quase R$ 100.

Quando da inauguração dia 31 de maio, a tarifa inicial não era cobrada e o quilômetro rodado custava R$ 2,30. Mas alega o Departamento Municipal de Trânsito de São Gonçalo do Amarante, que se tratava de uma promoção, que acabou e agora vamos para a realidade.

Até então, o consórcio Inframérica, que administra o aeroporto, não cobrava taxas de garagem e instalação dos taxistas, mas a partir de agora vai começar a cobrar e esses custos têm reflexos sobre o lucro dos profissionais de táxis, de acordo com o Demutran. Portanto, que tem de arcar com isso são os passageiros.

Eu já disse aqui neste espaço e volto a repetir. Algum órgão público, a quem coubesse a competência, deveria criar linha de ônibus executivos do aeroporto à rodoviária em Natal, e vice-versa, de forma que os passageiros possam optar por um meio de transporte e diminuir custos da viagem.

Ônibus executivos poderiam fazer a linha entre aeroporto–rodoviária de modo confortável, com todo mundo sentado e acomodando malas e bolsas na parte de bagagens. Da rodoviária, cada passageiro tomaria seu rumo e caso necessitasse pegar táxi a corrida sairia bem mais em conta.

O mesmo trajeto poderia ser feito em ônibus executivo por quem se dirigisse para o aeroporto, que fica agora distante das zonas sul e leste de Natal cerca de 40 quilômetros. (Leia artigo anterior que trata do assunto, clicando em Linha Aeroporto–Rodoviária)

terça-feira, 10 de junho de 2014

Na semana da Copa

Foi só mais uma falha da segurança carcerária. Na madrugada deste domingo (8) oito detentos fugiram do Complexo Penal Dr. João Chaves, na zona norte, em Natal. Portanto, perigo à vista, se não forem capturados vão fazer o diabo aproveitando o período dos jogos aqui na cidade.

Enquanto a cidade se prepara com reforço federal para dar conta da segurança no período da Copa, nosso sistema penitenciário escancara mais uma vez sua fragilidade. Como foge presos dos presídios estaduais no Rio Grande do Norte! O pior é que cada vez que isso acontece, a onda de violência aumenta.

Até terminar a Copa do Mundo espero que ao menos na capital a segurança esteja garantida com tanto esquema de prevenção estudado e montado para o período. Depois pode até ser que tudo volte ao normal e os índices de criminalidade não cedam. Por enquanto, até FBI temos por aqui.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Linha Aeroporto–Rodoviária

NOVO AEROPORTO Custo com táxi encarece viagem
Pensando bem, o DER (Departamento de Estradas de Rodagens) ou Semob (Secretaria de Mobililidade Urbana), enfim, a quem couber adotar a medida, poderia criar linha de ônibus executivos entre o novo Aeroporto de Natal e a Estação Rodoviária na Cidade da Esperança.

Porque além dos ônibus de linhas convencionais entre São Gonçalo do Amarante e Natal, passaria a se contar também com o ônibus executivo, de tarifa diferenciada, é claro, que pudesse trazer passageiros com bagagens para determinado ponto dentro de Natal, a Estação Rodoviária, de onde se pegaria um táxi.

Facilitaria o translado do passageiro que quisesse economizar com o custo do táxi, uma vez que da Rodoviária seria bem mais em conta para qualquer parte das zonas sul, leste ou oeste de Natal. Já o ônibus comum de linhas intermunicipais não tem como trazer passageiros que portem malas grandes e bolsas.

O ônibus executivo seria exatamente para isso, cabendo ao passageiro optar pelo táxi ou pelo transporte coletivo de tarifa especial. Aí sim, o novo aeroporto de Natal estaria bem servido de transporte, pondo para quem chega e sai da cidade várias alternativas de chegar até lá ou de vir para cá.

Que passageiro carregando malas grandes e bolsas de volume vão poder ir ou vir num ônibus de linha normal? Nesse caso tem que ser táxi ou carro particular, já o ônibus executivo ou micro-ônibus seria uma opção de baratear o translado entre o aeroporto e Natal.

É bom lembrar que muitos passageiros são do interior do Estado e essa linha coincidiria com seu interesse de deslocamento entre Natal e o novo aeroporto que fica distante, cerca de 40 quilômetros, tratando-se da zona sul ou leste.

domingo, 8 de junho de 2014

Pepino nos caixas eletrônicos

Neste sábado (7) entramos em ritmo de Copa do Mundo com os caixas eletrônicos de autoatendimento do Banco do Brasil aqui em Natal deixando clientes na mão, ao saírem do ar. O sistema mostrou mau humor nos caixas do BB do Supermercado Nordestão, e no shopping Cidade Jardim, em Capim Macio, zona sul.

Quem queria sacar dinheiro da conta ou fazer pagamentos ficou impedido porque os caixas estavam todos, literalmente, sem funcionar por bom tempo. Imaginem esta semana quando começam os jogos da Copa  e chegam muitos turistas que vêm para assistir as partidas de suas seleções no estádio Arena das Dunas!

Tomara que os caixas do Banco do Brasil não me façam vergonha de paísinho de Terceiro Mundo. Já bastam as manifestações de protesto que estão programando por aí afora, para pararem o transporte público. Está chegando a hora, vamos ver como vai se comportar nosso país!

Claro que é justo protestar de forma pacífica e ordeira contra gastos excessivos com uma Copa, enquanto nos falta educação de qualidade, saúde eficiente e segurança pública. Mas a Copa tem que ser realizada. Que melhorem pelo menos a mobilidade urbana.

sábado, 7 de junho de 2014

Peixe: preços nas alturas

PEIXE Preços estão uma loucura nos supermercados
 Andei neste sábado (7) pelo supermercado, como costumo fazer todo fim de semana para abastecer a despensa, e tomei um susto ao ver preços do pescado à venda. Certamente, os supermercadistas estão pensando que todo mundo passou a ganhar em euros e dólares por causa da Copa do Mundo.

As marcas mais conhecidas estavam com o preço nas alturas e todo mundo que se aproximava ficava estupefato. Não era mesmo para menos com preços beirando à loucura, e a culpa é logo lançada nos intermediários e supermercadistas de olho no clima da Copa.

Para se ter ideia de como anda a coisa, aí vão alguns exemplos: filé de arabaiana custava R$ 35,90 o quilo; lombo de meca congelado estava de R$ 45,59; filé de pescada amarela R$ 49,98 (ou seja, R$ 50 quase); filé de cioba R$ 75,90; garoupa R$ 73,20 e robalo R$ 78,90.

O peixe daqui está nos saindo mais caro do que o bacalhau importado lá de fora. Por que tamanho absurdo nos preços do pescado? Só tem uma explicação: a especulação em relação ao clima da Copa, em que os preços tendem a se danarem de vez.

Aliás, outra boa explicação é que os gringos gostam muito de peixe em suas refeições. Restaurantes, bares e hotéis devem estar se abastecendo em generosas quantidades. Com a chegada dos gringos por aqui na semana que vem, os supermercadistas já entraram na onda do euro e do dólar. 

Que país! Por aqui sobra espertinhos, aproveitadores e especuladores. Ô raça!, né não?

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Clima de Copa do Mundo

É bem verdade que entramos em clima de Copa do Mundo no Brasil com esses jogos amistosos terminados e agora avançando para a competição oficial a partir de quinta-feira, 12 de junho, quando a seleção brasileira enfrenta a Croácia, no primeiro jogo oficial, às 17h, no Itaquerão, em São Paulo.

O Brasil está realmente preparado como demonstrou na Copa das Confederações e agora nos últimos dois jogos amistosos, este desta sexta-feira (6) mais difícil numa demonstração do que a seleção vai pegar pela frente e não pode dar errado o esquema de campo montado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão.

Mas costumo dizer que jogo só se ganha em campo, dentro das quatro linhas, porque qualquer dificuldade que o time encontrar, caso não consiga superar pode empatar ou até perder. Nesses amistosos o Brasil passou bem pelo Panamá (4 a 0), porém sofreu na retranca da Sérvia e venceu só por 1 a 0.

Vamos ver o que acontece a partir de quinta-feira com a seleção. Agora é só vencer, vencer e vencer.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Impostos na nota fiscal

Agora vai se saber no ato da compra quanto se paga de impostos. Há muito tempo que o Brasil esperava por tal providência, já que aqui se paga muito tributo em cada produto ou serviço que se compra. A culpa sempre ia para quem vende ou explora o serviço. E a partir de agora?

Então, a notícia dada é que nos próximos dias, até a próxima semana, o governo federal deve publicar como as empresas devem proceder para discriminar os tributos na nota fiscal. A lei exige que a nota informe o imposto cobrado dos consumidores/contribuintes.

É coisa  já adotada por países desenvolvidos que agora chega aqui para nós. Trata-se de um avanço nos pleitos da cidadania brasileira, que vai ter esse direito. As empresas que não procederem de acordo com a Lei 12.741/2012, que por sinal já está atrasada, vão ser multadas.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Reinauguração de aeroporto

Só agora vem a notícia de que o Aeroporto Internacional Aluízio Alves vai ter uma segunda inauguração, desta vez com a presença de autoridades federais. A primeira, de abertura das atividades aeroportuárias no sábado (31), eu até havia falado aqui que foi sem brilho, por sinal, muito simples para o porte da obra.

Agora, sabe-se pelo ministro Moreira Franco, chefe da Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República, que haverá a inauguração oficial na segunda-feira (9). Ah bom, quer dizer, então, que a primeira solenidade de sábado foi apenas para início das operações do novo aeroporto de Natal.

A segunda inauguração é que vai ser pra valer, mas ainda com o aeroporto incompleto. Principalmente em relação à questão dos acessos. Só funciona um acesso, o da via norte, assim mesmo inconcluso. Eu estava estranhando: o governo federal tinha que fazer sua média com a obra, já que liberou recursos financeiros.

Ainda mais em ano de eleições isso não iria passar em branco. A obra vai ser, portanto, reinaugurada. Agora pelo governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

terça-feira, 3 de junho de 2014

Candidatura rejeitada

Com a rejeição de sua candidatura à  reeleição pelo seu próprio partido, o DEM, a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, sentiu nesta segunda-feira (2) seu mundo político desabar. Se estava difícil tal candidatura ser viabilizada, agora ficou ainda pior. Falta-lhe sobretudo apoio.

Rosalba e seu grupo político não conseguiu realizar até aqui uma gestão governamental que convencesse o povo de seu Estado. Qualquer pesquisa de sondagem deixa mal a governadora, com rejeição popular altíssima em relação ao seu governo, tornando-o politicamente fraco.

Seus principais aliados partidários romperam com ela faz tempo, enquanto nem os próprios correligionários aprovam os caminhos políticos e administrativos adotados pelo seu governo. Some-se a esse desgaste todo, os processos que rolam na Justiça Eleitoral contra a sua pessoa.

Então, diante desse quadro, a verdade se diga: o governo rosalbista, influenciado e dirigido por seu marido, o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, atual chefe da Casa Civil do Estado, é um caso de naufrágio. Tornou-se muito difícil a esta altura viabilizar a imagem de um governo que não deu certo.

Não há até as  eleições de 5 de outubro marketing político que consiga reconstruir a boa imagem deste governo diante de um eleitorado que já o reprova desde o início. Daí por que o diretório estadual do DEM, em sua reunião ontem indeferiu a candidatura da governadora à reeleição. 

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Governo sem planejamento

Até numa obra grandiosa que poderia se tornar um trunfo para o governo de Rosalba Ciarlini (DEM), mesmo executada por consórcio privado e com recursos federais, o aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, tornou-se uma complicação.

As notícias são quase todas desfavoráveis à inauguração apressada e improvisada por causa da aproximação da Copa do Mundo. Quem mais sofre com isso são os passageiros, obrigados a fazerem trajetos longos sem acessos concluídos, e aeroporto novo sem serviço de telefonia móvel.

Demanda em vez de falar de bem da cidade de Natal faz o contrário: reclamam das dificuldades e desinformações, com consequências para o turismo local.

Nem os voos internacionais estão conseguindo pousar no novo aeroporto. Falta o serviço alfandegário da Receita Federal. Quiseram desativar de vez o aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, sem estudar os problemas, o que deveria ter sido uma desativação gradual, lenta e segura.

O resultado foi recorrerem novamente ao antigo aeroporto enquanto providências são tomadas para o novo. Não me fale em falta de sorte do governo de Rosalba, e sim de planejamento e decisões. Tudo sai errado quando era para dar certo e reverter o desprestígio do governo rosalbista.   

domingo, 1 de junho de 2014

O esporte de luto

Do G1 RN

Marinho, escolhido melhor lateral esquerdo da Copa de 1974, morreu na manhã deste domingo em um hospital de João Pessoa.

O ex-jogador deixa três filhos e a companheira de 15 anos. Marinho Chagas passou mal no último sábado na capital paraibana, onde participava de um evento para colecionadores de figurinhas de álbum da Copa do Mundo e foi internado com um quadro de hemorragia digestiva alta . 
_______
Opinião


MARINHO: 1974
O potiguar Marinho Chagas foi exportação do esporte do Rio Grande do Norte para o futebol nacional e daí para a seleção brasileira. Deu-nos muitas alegrias em campo e até os dias de hoje tornou-se orgulho dos norte-rio-grandenses, que lembrava dele em seus momentos gloriosos da seleção.

Certamente continua sendo lembrado, agora sem a sua presença física. Marinho optou por sua terra Natal para morar, depois que deixou o futebol brasileiro. Apelidado de o "diabo loiro" na época, Marinho foi mesmo o diabo em campo para seus adversários e um craque para a torcida brasileira.

Que agora descanse em paz sobre os aplausos de todos nós que conhecemos seu talento em campo. (JAC)

Frustração tributária

Acredite se quiser, mas a reforma tributária ainda está entre as reformas do presidente Michel Temer, que talvez não consiga aprovar nenh...

MAIS VISITADAS