quarta-feira, 31 de julho de 2013

RN em economia de guerra

O governo do Rio Grande do Norte adotou uma economia de guerra, mesmo sem o Estado estar em guerra. A não ser a guerra surda das ruas da chamada violência urbana que se tornou corriqueira.

São quase 700 milhões de reais em cortes no orçamento do Estado feito pelo governo Rosalba Ciarlini (DEM) em face do recrudescimento da crise financeira que o RN convive desde o início do mandato.

O total, conforme noticiado, chega a 686,9 milhões de reais e atinge o repasse para os demais poderes, incluindo Assembleia Legislativa do Estado, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Tribunal de Contas.

Até os municípios potiguares entrarão no corte da tesoura de Rosalba em relação ao repasse de recursos da arrecadação do ICMS, no tocante aos 25% que recebem. São mais dificuldades para as prefeituras.

Quanto ao próprio governo ocorrerão cortes nos cargos comissionados, diárias de viagens, suspensão de nomeações, de acordo com decreto governamental.

A justificativa do governo, que só agora caiu na real, tem a ver com a frustração de receitas que havia superestimadas e não estão se confirmando.

Aí o governo se enrolou todo e agora tenta reprogramar suas contas com uma economia de guerra. A coisa no governo Rosalba está pra lá de feia. Parece até que ela está começando seu mandato agora.

Crise atinge a todos

Se é verdadeiramente uma crise a do governo Rosalba Ciarlini (DEM) no RN, ela deve atingir a todos. Por isso, a Justiça do Rio Grande do Norte já está tomando também suas medidas para que o governo cumpra. O juiz Marcus Vinicius Pereira Júnior, da Vara Cível da Comarca de Currais Novos, determinou a suspensão imediata de todos os serviços de propaganda/publicidade pagos pelo Estado. Daí as empresas de comunicação serão intimadas para o imediato cumprimento da medida, noticiou o website do jornal O Mossoroense. Essa suspensão deve permanecer até que o Estado garanta o direito à saúde às partes de 40 processos que tramitam na Comarca de Currais Novos, além de Ação Civil Pública para manutenção de serviços de urgência no Hospital Regional da cidade – o que é mais do que justo.

terça-feira, 30 de julho de 2013

RN com IDH médio?

Sinceramente, causa curiosidade os critérios de como é feita essa pesquisa denominada  IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) que dá ao Rio Grande do Norte uma classificação de médio.

Até porque hoje os norte-rio-grandenses vivem um dos piores governos com saúde precária e educação também, além da renda que está caindo e que para alguns nem existe.

Essa realidade não aparece na pesquisa do IDH o que para mim é muito estranho. Ou a pesquisa avaliou um mundo irreal, ou é o povo que está enganado com a situação que vive.

Era de esperar um diagnóstico de aferição abaixo de médio. E o mais incrível é que municípios como Natal , Parnamirim, Mossoró e Caicó aparecem com IDH alto – surpreendente!

Ou será que eu estou ouvindo mal e desaprendendo a ler direitinho? Vá ver que é coisa da idade. Ou então é o povo que exagera. A saúde vai muito bem e a educação potiguar idem.

Desculpem a ignorância mas seria bom que especialista do IBGE ou outro órgão esclarecesse ao povo a razão para o RN está tão bem na análise do IDH. Que milagre social é esse?

Está aí então: vivemos no melhor dos mundos sem nos darmos conta disso. Incrível esse IDH! A Fifa vai ficar besta com o nosso desenvolvimento humano e os turistas também! É de causar inveja!

Emprego no RN despenca

Há poucos dias, o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, manifestou sua preocupação com a queda do emprego no Rio Grande do Norte num dos setores que mais emprega.

Justamente o de comércio e serviços que ele lidera como dirigente da entidade do setor.

"Estamos no limite da geração de empregos e precisamos estimular o setor produtivo e as atividades que são fortes na nossa economia", disse Queiroz na ocasião em que alertava para esse problema.

Pois bem, de janeiro a junho deste ano, o setor só conseguiu abrir 2.966 vagas, número bem distante dos 5.417 postos abertos no primeiro semestre de 2012, e também dos 3.205 do mesmo período de 2011.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Combate ao crime no RN

Entendo que a Polícia Militar do RN tem feito sua parte no que é possível para combater a criminalidade crescente no Estado. No entanto, falta receber mais investimento para se estruturar e atuar melhor.

No mínimo, a segurança pública requer maior atenção do governo do Estado, a exemplo de outras áreas vitais como saúde e educação, para dinamizar a estrutura de atuação.

Há necessidade de melhor armamento, logística, construção de presídios para abrir mais vagas e torná-los mais seguros, delegacias de polícia em condições de funcionar bem e melhorias remunerativas.

Os crimes precisam ser investigados e para isso a Polícia Civil depende de apoio governamental para dar resposta ao aumento dos homicídios, em conjunto com o serviço de inteligência.

O poder da pirataria

Grandes redes de hipermercados, a exemplo do Híper Center Bompreço e o Carrefour, deixaram de vender CDs e DVDs em suas lojas de Natal. Constatei isso nas duas redes na semana passada.

É o poder da pirataria dessa mercadoria desbancando o comércio legal. É grande e sem controle a venda desses produtos nas calçadas por aí, por preço convidativo que nem a classe média resiste a tentação.

Nem a campanha dos artistas consegue deter a venda ilegal de CDs e DVDs. Preço nas lojas é alto e apenas algumas promoções aqui e acolá não resolve a questão da concorrência ilegal.

Guerra surda potiguar

Isto é uma guerra, gente! Não tem outro nome para qualificar: no fim de semana, entre sábado e domingo, ocorreram 15 homicídios no Rio Grande do Norte, a maioria na Grande Natal.

A estatística do crime no RN só cresce, o que demonstra a falta de controle da polícia sobre essa situação da criminalidade. A gente começa a ver as notícias e o que encontra é só homicídios.

Parece muito fácil o uso de armas de fogo por aqui, à medida que o comércio clandestino torna-se mais comum por toda parte, e o tráfico de drogas favorece a essa violência das grandes e pequenas cidades.

Hoje existem Estados, como Rio de Janeiro e Pernambuco, que estão conseguindo baixar as estatísticas da criminalidade por lá. No RN, um Estado pequeno, a situação parece absurda. 

domingo, 28 de julho de 2013

Governo em crise e visita do papa

Sem obscurecer outros fatos da semana - como a morte do sanfoneiro Dominguinhos aos 72 anos -, ao menos dois fatos se destacaram na semana que termina: a eterna crise financeira do governo Rosalba Ciarlini (DEM) no Rio Grande do Norte, e a visita do papa Francisco 1º  ao Brasil para prestigiar a Jornada Mundial da Juventude. No primeiro fato, de âmbito local, podemos dizer que crise é o que não falta no governo estadual da mossoroense Rosalba Ciarlini, que desde o começo apresenta dificuldades de toda ordem e, a realidade, é que até hoje, já se aproximando do último ano de mandato, não conseguiu deslanchar e reverter a queda vertiginosa de sua popularidade. Por sua vez a visita do papa Francisco, a se encerrar neste domingo 28, fortaleceu o catolicismo que agora ganha mais força para seguir em frente. O novo papa, em boa hora, veio ao Brasil, oxigenando as forças dos movimentos católicos com seu carisma, que estavam a precisar dessa mãozinha para mostrar que ainda é de fato a maior religião cristã.  

sábado, 27 de julho de 2013

Shopping de cara nova

Já pode ser vista a nova fachada do Natal Shopping Center à margem da BR 101, zona sul natalense, agora sem os tapumes que tomavam sua frente, enquanto era  reconstruída. A reforma de ampliação que começou no ano passado está chegando ao fim. Por conta da obra a loja-âncora, a Rio Center, foi fechada e só reabrirá quando da reinauguração.O Natal Shopping, construído pela Ecocil, foi o primeiro grande empreendimento do tipo em Natal da era desses templos de consumo. Agora se modernizou e deverá apresentar novidades em seus espaços.Uma dessas inovações deverá ser um moderno cinema com várias salas de projeção, a exemplo dos que já existem no Midway Mall e Praia Shopping. Por falar nisso, sábado é dia mais apropriado para ir ao shopping, fazer compras ou mesmo passear. Natal já tem boas opções nesse sentido para quem gosta de shopping, porque há os que ainda preferem as lojas do comércio de rua. Só que este tem seu horário diferenciado.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Tempos modernos

Nem sempre o dinheiro de plástico resolve
Nestes tempos de automação comercial, em que se paga quase tudo via dinheiro de plástico, ou seja, utilizando cartão de crédito, vez por outra pagamos um tremendo mico.

Não raro, o sistema em rede de pagamento emperra, sai do ar, e nos deixa na mão. Quem tem dinheiro vivo liquida à vista e sai fora. Os que só têm cartão de crédito ficam à espera ou desiste de esperar na fila.

Chato, né não? Mas em qualquer comércio isso pode acontecer de repente na hora que vamos ao caixa. Foi o exatamente o que me ocorreu nesta quinta-feira à tarde, quando fui a uma drogaria.

Literalmente é a hora de se dizer: – Que droga! Espera-se e nada de resolver. O sistema está fora do ar! A fila foi se formando diante do caixa e o sistema não voltava.

– Quem vai pagar com dinheiro? – grita um dos funcionários que auxiliam a colega do caixa a descascar o abacaxi do sistema automatizado.

Quem tinha pagou e saiu fora. Os demais, que eram pagamento com cartões de crédito, foram aconselhados a desistir e voltar depois. Seria bom que esses sistemas fossem mais eficientes.

Mais adiante, num shopping, o mesmo problema do sistema sem funcionar numa revistaria. Já vi isso acontecer também em supermercados. Um ou outro tem suas alternativas de resolver, outros não.

E é assim nestes tempos modernos de automação comercial, em que muitos preferem usar mesmo o dinheiro de plástico diante dos assaltos da vida urbana.

Sem aliança papal

O Vaticano mantém todo o cuidado de não se envolver politicamente com o governo brasileiro. Daí rejeita qualquer aliança nesse sentido no momento, o que já deixou claro.

Assim, a Santa Sé evita que o governo aproveite a visita do papa Francisco ao Brasil para propor ao Vaticano aliança de combate à fome, conforme registrou o portal do Estadão.

Essa rejeição é apenas para poupar o papa de envolvimento político-partidário, uma vez que o país vive atualmente uma situação de manifestações de rua e um ano próximo das eleições de 2014.

Isso poderia oportunizar a presidente Dilma Rousseff a colar sua imagem na popularidade do papa e passasse a capitalizar politicamente a visita dele.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Um triste fim

O governo de Rosalba Ciarlini (DEM) no Rio Grande do Norte mais parece um avião em voo cego sem conseguir estabilizar a aeronave. E tome turbulências deixando tripulação e passageiros em pânico.

Desde que iniciou o governo – hoje falta apenas um ano e meio para o término – a governadora Rosalba Ciarlini só fala em dificuldades financeiras e promove um verdadeiro desmonte do que existia.

Fecha isso e fecha aquilo, encolhe aqui e encolhe acolá, sem gerar nada de novo. A ladainha é conhecida e permanece a mesma desde o início. Um governo que do começo ao fim se mostra sem saídas.

Agora, apresenta um rombo de quase 1 bilhão de reais em suas contas, pondo em risco a folha de pessoal do funcionalismo. E a culpa é sempre dos outros.

Francamente, nunca tinha visto em décadas um governo estadual se inviabilizar por si próprio, mostrando-se impotente e, o pior, sem aptidão para governar.

O que, afinal, esperar daqui pra frente? Talvez um triste fim lembrando o de Policarpo Quaresma. 

Partida de Dominguinhos

Desta vez – infelizmente – ele se foi. Falo do grande sanfoneiro Dominguinhos, que morreu nesta terça-feira 23. Anteriormente, quando ele doente havia sido internado para não mais voltar à vida normal, chegaram até a noticiar sua morte precipitadamente. O que me fez também cair no erro. Tudo desmentido depois para alegria geral. Agora, sim, Dominguinhos, que fez brilhante sucesso juntamente com o rei do baião Luiz Gonzaga, parte realmente e deixa a lacuna na música regional nordestina. Suas músicas ficarão para a posteridade como a de um grande talento da nossa cultura. Gonzagão, que o descobriu, sempre o apoiou com seu prestígio popular e a amizade se consolidou para o resto da vida. Havia unanimidade na música dos dois, que cantavam letras inteligentes e ritmos sertanejos animados. Ambos fazem muita falta nas animações das festas juninas e em bons shows. Mas a vida é assim mesmo, apenas eternizamos o que fazemos de bom para deixar. E os que ficam seguem em frente.  

O papa no Brasil

Dois filhos do casal João Maria (meu amigo) e Tânia Braga (minha prima) participam da Jornada Mundial da Juventude e da visita do papa Francisco ao Brasil. Jacó e Izaac saíram de Afonso Bezerra/RN no sábado 20, rumo ao Rio de Janeiro, integrando caravana de peregrinos afonso-bezerrense, município a 168 quilômetros de distância da capital Natal. No facebook, Izaac transmite a emoção do grupo: "Chegar no Rio de Janeiro, ir fazer a inscrição na JMJ e ser surpreendido com a presença do papa Francisco, não teve preço!" – destacou. "A emoção tomou conta de todos os jovens que, assim como eu, chegaram perto dele. A Jornada Mundial da Juventude está só começando, mas todo esforço já valeu a pena..."

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Cordel de Neto Braga

Aí o cordel lançado pelo poeta popular Neto Braga no município de Afonso Bezerra/RN, sábado 20, no decorrer da realização da Caprifeira – Feira de Caprinos e Ovinos, e programação festiva do grupo "Amigos para Sempre". O mais interessante é que no próprio local da Caprifeira, estava montada uma construção antiga de taipa, denominada de Casa da Cultura Popular, em que se realizou o lançamento cultural. Por sinal, muito bem prestigiado por autoridades como o prefeito Jackson Bezerra e o deputado Kelps Lima, além de filhos ilustres da terra e outras pessoas que apreciam o trabalho cultural do poeta. "Túnel do Tempo" resgata uma época em que viveram como estudantes muitos potiguares da cidade de Afonso Bezerra, na microrregião de Angicos. O propósito desse grupo, hoje senhores bem-sucedidos, é contribuir para o desenvolvimento do município e manter as raízes com sua terra natural. Daí se reunirem periodicamente em Natal, onde hoje reside quase todos, com tal finalidade.   

terça-feira, 23 de julho de 2013

Seca afeta Caprifeira

Animais no cercado para negócios/Foto JAC
As caprifeiras (Feiras de Caprinos e Ovinos) passadas já foram mais movimentadas. Agora, estão sendo afetadas nos negócios por causa da seca nos municípios do semiárido potiguar.

Assim foi a de Afonso Bezerra/RN no fim de semana passado, onde estive acompanhando a programação. Percebi logo de cara que tinha menos criadores e, em consequência, poucos negócios.

Faz três ou quatro anos que a animação era outra. Isso ocorre quando o ano é bom de inverno. Estive com um criador de animais e perguntei a ele se já havia comprado algum caprino ou ovino.

Na verdade, ele me disse que estava era vendendo os que tinha por causa da seca. Os custos da criação de bichos são outros e desanima o criador.

De fato não são apenas os rebanhos bovinos afetados, não. Toda criação passa praticamente pelas mesmas consequências da estiagem prolongada.

Além disso, ouvi o prefeito Jackson Bezerra dizer das dificuldades que teve para realizar a Caprifeira deste ano. Numa situação assim, falta até mesmo apoio do governo do Estado, que passa a ter outras prioridades.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Lançamento de cordel

Poeta Neto Braga
Neste fim de semana, no sábado, 20 de julho, estive em Afonso Bezerra/RN, minha terra, para a festa dos "Amigos para Sempre", com lançamento de cordel e baile show com a orquestra Los Manos.

Foi um sucesso o encontro do grupo de amigos afonso-bezerrense lá na terrinha, que coincidiu com a realização de mais uma Caprifeira – Feira de Caprinos e Ovinos 2013, no município.

Na programação do evento, destaque para o lançamento do cordel "Túnel do Tempo", criação do poeta cordelista Neto Braga, um moço afonso-bezerrense de grande talento literário.

O cordel traz boas lembranças dos anos 60, 70 e 80, vivido pelos amigos lá reunidos. Neto Braga é o fundador da Casa de Cultura Popular nos moldes antigos, feita de taipa.

Neto já publicou inúmeros títulos de cordéis com temas variados, enriquecendo a cultura popular do seu município e do Estado potiguar.

domingo, 21 de julho de 2013

Natal cidade violenta

A semana terminou com  notícia extremamente negativa para a capital do Rio Grande do Norte. Natal virou uma cidade violenta, insegura e sem conseguir conter a criminalidade. É a capital do país com maior crescimento de homicídios, segundo o mapa da violência divulgado quinta-feira 18. Basta dizer que o número de homicídios subiu de 113 em 2001 para 397 em 2011, de acordo com esse levantamento feito em 100 cidades do país com mais de 20 mil habitantes, entre as que mais apresentam índice de violência urbana. Se em Natal o número de homicídios cresceu 251,3%, o Rio Grande do Norte no todo quase se iguala ao da sua capital, com aumento nesse item de 229,7% no período. No Estado o total de homicídios pulou de 316 em 2001 para 1.042 em 2011. Vai mal, muito mal o RN. 

sábado, 20 de julho de 2013

Ubirajara aos 93 anos de lucidez

Ubirajara com o colega  Rudson
Jornalista Ubirajara Macêdo, aos 93 anos, ainda lúcido que só ele, com quem convivi no jornalismo potiguar, eu ainda como iniciante. Fez questão de esbanjar lucidez, ao votar na eleição recente da Fenaj. Trata-se aí da Federação Nacional dos Jornalistas que realizou esta semana eleição para renovar sua diretoria e a Comissão Nacional de Ética e Liberdade de Expressão.

Recebi um  release do jornalista Rudson Pinheiro Soares, candidato à diretoria da Fenaj pela Chapa 2, sobre a ida de Ubirajara Macêdo à sede do sindicato em Natal para votar.

Segue aí abaixo o texto de Rudson Pinheiro Soares reproduzido na íntegra, recebido na quinta-feira 18:

"O Jornalista e escritor Ubirajara Macedo - 93 anos de lucidez - compareceu - nesta terça-feira, dia 16/07 - à sede do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte (Sindjorn) para votar na Chapa 2 - Luta, Fenaj! - que concorre às eleições para Diretoria e Comissão de Ética da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). "Não saio da luta. Por isso, voto Chapa 2", disse Macedo - que foi o primeiro vice-presidente do Sindjorn, em 1979.

A Chapa 2 tem Pedro Pomar (SP) como candidato a Presidente e é a única com presença potiguar: Rudson Pinheiro Soares, Rafael Duarte e Canindé Soares. "Ter a preferência de alguém que sempre esteve nas lutas por liberdade nos emociona muito, bem como nos enche de responsabilidade", disse Rudson Pinheiro Soares, componente da Chapa 2.

Além concorrer à Diretoria da Federação, a Chapa 2 - Luta, Fenaj! - apresenta 4 candidatos à Comissão Nacional de Ética e Liberdade de Expressão: Bia Barbosa (SP), José Alves Pinheiro Jr (RJ), Francisco Canindé Soares (RN) e Helena Palmquist (PA). As eleições da Fenaj vão até às 18h desta quinta-feira, dia 18/07."

sexta-feira, 19 de julho de 2013

O papa vem aí

Depois da Copa das Confederações, que o Brasil se saiu muito bem, está previsto outro grandioso acontecimento  no país: a vinda do papa Francisco para a Jornada Mundial da Juventude.

Evento que ocorrerá entre os dias 23 e 28 agora de julho, no Rio de Janeiro.

Grupos de peregrinos potiguares se preparam para participar desse grande evento religioso, preparado para receber o novo papa, em sua primeira vinda ao Brasil.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Peleja grande!

Mais um motivo para os protestos que ganham as ruas nos dias de hoje. A prefeita de Mossoró/RN, Cláudia Regina, continua em maus lençóis.

Notícias mossoroenses dão conta que os juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) decidiram anular a decisão do juiz da 34ª Zona Eleitoral, Pedro Cordeiro, que extinguia ação movida pelo Ministério Público Estadual contra a prefeita, por abuso da máquina administrativa do Estado em sua campanha política.

Em razão dessa decisão de agora, o mandato da prefeita Cláudia Regina, aliada da governadora do RN, Rosalba Ciarlini (DEM), permanece em questão e pode ser cassado.

Novo protesto 

Está sendo organizado para esta sexta-feira 19 novo protesto de rua em Natal, por onde tudo começou e espalhou-se depois pelo Brasil.

A concentração vai ser nas imediações do shopping Via Direta, na zona sul, a partir das 16h, segundo seus organizadores, conforme já noticiado pelos meios de comunicação.

Essas manifestações modificaram as fachadas de lojas do comércio natalense, principalmente as que têm vidraças, que recorrem aos tapumes para se defender dos ataques de vândalos.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Cordel Túnel do Tempo

Emmanoel Mateus, um dos fundadores do grupo "Amigos para Sempre" afonso-bezerrense, informando que de acordo com a programação da Caprifeira deste fim de semana, lá em Afonso Bezerra, teremos o lançamento do cordel "Túnel do Tempo" de autoria do poeta cordelista Neto Braga.

É um resgate da época dos anos 60, 70 e 80, em que o grupo de amigos viveu em sua terra, com muitas lembranças daquele tempo. O lançamento do cordel vai ser às 17h de sábado, dia 20, e conta com o apoio do grupo que realiza à noite o show baile com a orquestra Los Manos, no Centro Cultural.

Todo mundo lá prestigiando o cordel de Neto Braga, essa interessante atividade cultural.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Preparativos para o show baile

O grupo "Amigos para Sempre" afonso-bezerrense, que promove show baile sábado, 20 de julho, em Afonso Bezerra, com a orquestra Los Manos, teve nesta segunda-feira a última reunião preparatória.

Tudo de acordo com os conformes da programação definida e checada para o sábado, no Centro Cultural da cidade, que estará em festa por conta da realização da Caprifeira de sexta-feira a domingo.

A Feira de Caprinos e Ovinos já é uma tradição do calendário local, aproveitada para inserir a realização do baile dos "Amigos para Sempre" que relembrará músicas dos anos 60, 70 e 80.

Muito boa a procura pelas mais de cem mesas colocadas à venda para o show-baile. O resto conto depois.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Uma questão de lógica

Está aí na notícia o foco da questão que o governo Dilma Rousseff tenta desviar.

Diz a informação que já são quase três anos de espera sem abertura de Unidades Pronto-Atendimento (UPAs) em Natal e Parnamirim, região metropolitana.

Adianta importar médicos sem que a estrutura básica funcione? Por que não atacar o problema onde realmente é o gargalo que resulta no mau funcionamento da rede pública de saúde?

Será que médico de fora vai fazer milagre aqui dentro? A população sabe disso, não se deixa ser enganada. 

domingo, 14 de julho de 2013

A melhor do ministro Rebelo

Ministro Rebelo: legado será a alegria
Eu já desconfiava que essa promessa de legado da Copa do Mundo ia dar em nada mesmo. Digo agora, que essa desconfiança se consolida cada vez mais à medida que o evento se aproxima, faltando menos de um ano  para junho de 2014. Tanto é assim que o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, acaba de declarar em público que "O maior legado que a Copa deixará é a alegria do povo brasileiro em acolher uma competição como essa". Dito isso, o que se pode mais esperar desse megaevento além dos estádios suntuosos exigidos pela dona da bola - a Fifa? Até os aeroportos correm o risco de não ficarem prontos até lá. Aqui, no Rio Grande do Norte, por exemplo, o novo aeroporto em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, ainda permanece sem iniciar os acessos que completarão a obra. O tempo passa e o prazo encolhe.

sábado, 13 de julho de 2013

Um belo cartão postal

Essa foto maravilhosa que aparece aí no cabeçalho do blog, por trás do nome e descrição, é de autoria do repórter-fotográfico Canindé Soares, velho companheiro contemporâneo de redação.

Trata-se, em primeiro plano, da ponte velha de Igapó, construção iniciada em 1913 e concluída em 1915, portanto, há um século de existência.

Deveria ser um dos mais belos cartões postais para o mundo da cidade de Natal , capital deste Rio Grande do Norte, se tivesse sido mantida completa e conservada toda a sua estrutura de ferro.

Ao lado, em segundo plano, está a segunda ponte, construída em 1970, para substituir a primeira, dado o crescimento da capital, ligando a zona norte ao restante da cidade.

Nos idos de 1988 houve uma reforma de ampliação na segunda ponte, que passou a ser considerada uma terceira obra para acompanhar o desenvolvimento local.

Construídas sobre o rio Potengi que corta a cidade, exatamente aí no bairro de Igapó, ambas são símbolos de uma Natal antiga, que se manteve na memória e nos registros da história da capital potiguar.

Por ignorância, má vontade ou falta de sensibilidade, a ponte velha sustentada por vãos de ferro e concreto armado foi vendida para uma empresa privada que, em razão do custo-benefício, desistiu de desmontá-la.

Quer dizer, começou a desmontagem e depois abandonou, deixando-a esquecida, sem que nada se pudesse fazer. Hoje sua estrutura metálica está entregue à ferrugem e ao abandono.

A função da ponte velha era dar passagem aos trens da antiga Estrada de Ferro Central, que facilitava assim o transporte entre a capital e o interior. Permitia também o fluxo do transporte rodoviário.

Por aí - ainda menino - viajei muito entre Natal e minha cidade no interior no colo de minha mãe. Depois já crescido e me tornado adolescente, para estudar na capital.

Apesar de parte do desmonte da ponte velha, a majestosa obra centenária não perdeu seu charme e ainda pode ser vista como cartão postal desta cidade. A foto de Canindé Soares prova isso.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Brasil dos dias de hoje

Difícil é você saber por que se protesta hoje neste país. A rigor, cada movimento tem sua pauta específica de protestos. E assim ocupa as ruas, avenidas e praças.

No Dia Nacional de Lutas desta quinta-feira, 11 de julho, organizado pelas centrais sindicais em todo o país, as razões foram várias, cada grupo tinha suas próprias reivindicações.

Os trabalhadores das centrais, por exemplo, pediam redução da jornada de trabalho, fim do fator previdenciário que reduz o valor das aposentadorias, e reforma política.

Natal viveu mais um dia de protesto com trânsito retido e comércio com queda no movimento.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Cooperativismo potiguar

O cooperativismo potiguar tem dado sinal de crescimento, mesmo que não seja uma resposta dentro do desejável. Caminha ainda lentamente, o mesmo que ocorre nacionalmente.

Contudo, já representa cerca  de 5% do PIB estadual - Produto Interno Bruto, conforme estimativa do presidente da OCB-RN (Organização das Cooperativas do Brasil) no Estado, Roberto Coelho.

Faltam ainda consciência e apoio governamental ao setor, no tamanho que ele merece.

Estive na semana passada, dias 4 e 5 de julho, no Congresso Cooperativista Potiguar (Concoop), realizado aqui em Natal, conversando com gente do setor, que me deram essas informações. 

quarta-feira, 10 de julho de 2013

A culpa é da chuva?

Faz poucos meses dos serviços do túnel do bairro de Neópolis sob a BR 101 aqui em Natal. Pois bem, as chuvas já arrebentaram a camada de asfalto da pista no trecho, gerando buracos.

A pergunta é por que não se faz  um serviço que resista às chuvas? Parece até que não existe fiscalização para obra com dinheiro público, não é mesmo?

Essa obra é de responsabilidade do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito) que interditou o trecho e realizou os reparos. Agora precisa voltar lá para repor o asfalto.

Não é possível que se faça serviço sem qualidade, basta uma chuva para desmanchar tudo. É brincadeira!

terça-feira, 9 de julho de 2013

As noites de inverno

As noites de inverno parecem mais tristes. Não sei se é apenas impressão minha. Mas deve ser porque as pessoas se recolhem as suas casas, prédios e outros lugares fugindo da noite fria.

Na verdade, é o oposto dos dias de verão quando se sai para buscar na noite a brisa, respirar o ar puro e aliviar principalmente o calor. Por isso o movimento lá fora parece mais alegre.

No inverno, até quando se vai a um barzinho, procura-se um lugar mais aconchegante, com menos frio. Por falar nisso, os termômetros já assinalam até a mínima de 21 graus nas noites natalenses.

Pode-se aí imaginar as madrugadas, que normalmente são bem mais frias, sobretudo neste período.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Tempo chuvoso

A semana passada foi de chuvas
Temperatura amena e tempo chuvoso na microrregião de Natal, abrangida pela mesorregião Leste Potiguar.

Por aqui, desde o início do ano até agora, já choveu 1.103 milímetros, segundo a Emparn - Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, que faz o acompanhamento pluviométrico.

A rigor, a capital tem sido um dos municípios potiguares onde mais choveu este ano, pois parte do restante do Estado continua seco que só língua de papagaio - como diziam lá pelo sertão.

Já a temperatura amena tem chegado aos 22º graus, considerada baixa para os padrões da chamada "Cidade do Sol", denominação dada também a outras da região Nordeste.

domingo, 7 de julho de 2013

Mascarando a realidade

Essa história do governo brasileiro importar médicos estrangeiros para o Brasil é equivocada. Dá a impressão de querer mascarar a realidade, desviando o foco da verdadeira questão.

O problema está claro que não é propriamente de falta de profissionais para exercer a medicina. Basta ver a situação da rede hospitalar em Natal e no restante do Estado.

Ora, estamos diante de uma crise na saúde pública que rola há tempo, não por falta de médicos mas sim de estrutura hospitalar para atender a demanda do dia a dia.

Agora mesmo, temos um exemplo dessa situação noticiado pelos jornais locais, em que uma equipe de médicos cardiologistas do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel pediu demissão do contrato.

E sabem por quê? Porque o maior hospital de urgência e emergência do Rio Grande do Norte não oferece condições de trabalho para os cardiologistas exercerem seu ofício.

Mas está aí a revista semanal ISTOÉ defendendo a proposta do governo Dilma Rousseff de importar médicos estrangeiros para áreas isoladas do país  e periferias das regiões metropolitanas.

É fingir desconhecer a nossa realidade e se posicionar claramente a favor do governo, sabe-se lá quais as razões ou conveniências inconfessáveis.

O Brasil tem médicos sim, o que falta é pagar salários justos, e dar condições aos profissionais de exercerem sua função nas unidades hospitalares do país, como é o caso aqui do Rio Grande do Norte. 

sábado, 6 de julho de 2013

O campeão voltouooo!

Pego uma carona no refrão da Copa das Confederações em relação à seleção brasileira tetracampeã da competição, para informar a volta do meu blog que estava mais ou menos há uma semana sem postar.

Tudo por conta de um problema ao que parece de registro do domínio e hospedagem, que o Google resolveu tirar da rede vários blogs que usava apenas o ponto.com.

Agora, quando se tratar de usuário do Brasil tem que ser o ponto.com.br/, segundo soube de norma aí existente para donos de blogs e sites no país. Bem, isso é o que eu entendi.

Por isso, fiquei batendo cabeça sem saber o que estava acontecendo, mexendo numa coisa e outra para ver se o blog retornava ao normal e não conseguia nada.

Só me permitia mesmo entrar no administrador do blog e ver lá as postagens que eu havia publicado até 2 de julho de 2013. Mas daí em diante não conseguia mais postar nada para aparecer na página inicial.

Lá havia apenas uma única publicidade ignorada por mim. Pronto, o blog havia sumido e não dispunha de suporte técnico para resolver o problema.

Tinha que ser por conta própria, com as ferramentas disponíveis. Até que descobri que tinha lá "novo blog". Era o caminho para criar um novo blog no mesmo canto com endereço diferente.

Acabo então de criar mais um diário de internet, sem perder as minhas postagens que estão no blog antigo, já com 4.619 postagens e 56.426 visualizações de páginas.

Estou recomeçando do zero no novo blog, com cara nova, faltando ainda ajustes e acabamentos. Mas, pelo menos, já me permite postar, como eu fazia no antigo blog.

Essa história de campeão é brincadeira minha, lembrando o refrão do jogo em que o Brasil venceu a Espanha por 3 a 0 na Copa das Confederações recente. E vamos tocar a bola pra frente! 

REFRIGERANTE Ainda na dieta de muitos

Pensei que, com um batalhão de nutricionistas condenando os refrigerantes na dieta contra os males à saúde humana, os refrigerantes tives...