sábado, 31 de maio de 2014

Precipitações do novo aeroporto

Aos trancos e barrancos inauguraram o novo Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante/RN, na Grande Natal, neste sábado, 31 de maio, depois de pelo menos quatro adiamentos. Sem acessos totalmente concluídos, apenas um funciona, o da via norte, improvisadamente.

Falta ainda a construção de um viaduto para acesso sobre a BR 406 e o alargamento da rodovia federal no trecho. No local improvisaram uma rotatória para diminuir o risco de acidentes na estrada. O acesso da via sul, pela BR 306, em Macaíba, só Deus sabe quando termina.

Do governo Rosalba Ciarlini (DEM) pode se esperar tudo, menos boas obras e no prazo. O novo aeroporto foi construído por um consórcio com recursos federais financiando a obra, que marcou um prazo para entregar com os acessos concluídos, confiados ao governo de Rosalba.

Como os acessos não ficaram concluídos 100%, inauguraram a obra mesmo assim, por sinal, uma inauguração sem brilho, muito simples para o porte do empreendimento que pretende ser.

Outro problema da inauguração apressada é que, ao menos até este sábado da inauguração, o novo aeroporto não podia receber voos internacionais porque lhe faltava o serviço alfandegário da Receita Federal. O que é feito de improviso é assim mesmo!

A confusão, que teve inclusive  voo internacional já cancelado, é que não deveriam ter desativado logo de imediato o Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim. Pelo que a Receita explica, entende-se que primeiro qualquer aeroporto começa a receber apenas voos domésticos.

Logo depois de avaliado é que o serviço alfandegário se instala para, só então, permitir voos internacionais. Na pressa, que o consórcio Inframérica teve por causa da Copa do Mundo agora em junho, não quis conversa demorada. Inaugurou a obra de qualquer jeito e pronto, está aí!

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Aeroportos: antigo x novo

Em meu whatsApp me foi enviada a seguinte observação sobre o aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, em relação ao novo em São Gonçalo do Amarante, ambos na Grande Natal.

"Observação de uma usuária frequente sobre o aeroporto Augusto Severo:

Verdade seja dita, que o Augusto Severo é excelente para voos domésticos... Mas pra desembarque internacional o negócio é sofrido... Pouco espaço na antessala para passar na imigração, esteira e espaço ao redor dela não comporta o volume de bagagem  vindas desses voos internacionais, poucos funcionários no raio x (que só tem um) da Receita.

O pior é que os funcionários da Infraero (acho que são terceirizados) são dão as instruções em português (venha para essa fila, passaporte brasileiro aqui e tal) e aparentemente não sabem falar inglês, pois quando os estrangeiros se dirigem a eles, os mesmos não sabem responder e continuam a falar português ou 'mimiquês'! 

Da dó dos turistas, os coitados ficam mais perdidos do que cego em tiroteio... E saudade da Europa!" 

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Corra menos em seu carro

Pelo WhatsApp (rede social de mensagens em tempo real) recebo a recomendação que repasso a todos aqui : – Cuidado com as multas da Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal).

Radares em funcionamento: 

– avenida Bernardo Vieira, à altura da rua dos Tororós (dois)

– avenida Jaguarari, em Candelária (dois)

– ponte Newton Navarro, sentido praia do Meio (um)

Lombadas eletrônicas em funcionamento: 

– avenida Ayrton Senna, na altura da rua Alameda dos Bouganvilles (um)

– avenida Mário Negócio, próximo ao Hospital Giselda Trigueiro (um)

Equipamentos em instalação

Radares

– ponte Newton Navarro, sentido Redinha (um)

– avenida Felizardo Moura (um)

– avenida Hermes da Fonseca, próximo à AABB, no sentido Tirol–Petrópolis (um)

Lombada eletrônica

– avenida Prudente de Morais, em Candelária, próximo à rua Militão Chaves (uma)

Equipamentos a serem instalados nos próximos dias

– nove sensores de triplo monitoramento em locais ainda não definidos

– três semipórticos, onde hoje há bandeirões

– avenida Itapetinga

– avenida Prudente de Morais, no bairro Barro Vermelho

– avenida Hermes da Fonseca, próximo ao Batalhão do 16 RI

Câmeras de monitoramento de trânsito:

– 18 estão instaladas atualmente

– 30 equipamentos é a expectativa com o contrato atual

quarta-feira, 28 de maio de 2014

O crime deixa mal o RN

Isso é fato para nos deixar triste e muito preocupado: o Rio Grande do Norte nunca esteve tão mal no ranking da criminalidade do país. Nesta terça-feira vocês viram, que o RN ganhou destaque nos sites noticiosos com uma notícia bastante preocupante.

Dizia uma das manchetes: "Crescimento de homicídios no RN foi maior do Brasil", e outra não deixava por menos ao noticiar que "RN teve maior crescimento no número de homicídios  do Brasil em 10 anos". Tudo isso às vésperas do mês da Copa quando Natal, capital do Estado, receberá turistas de todas as partes.

São dados do estudo Mapa da Violência 2014 que mostra o RN com o maior crescimento no número de homicídios, uma evolução de 272,4% nos assassinatos entre 2002 e 2012. Nunca se matou tanto no Rio Grande do Norte, principalmente na região metropolitana de Natal e em Mossoró, segunda cidade do RN.

É uma situação de violência urbana que domina o clima de insegurança hoje em dia, desde que a droga pesada se infiltrou por aqui. O pior é que o Estado tem se mostrado incapaz de estancar essa onda de crimes, que envolve execuções, roubos de carros, invasão de residências, assaltos ao comércio, por aí.

A coisa é muito grave e infelizmente pouco se tem feito no combate à criminalidade. Nem escolas, nem unidades de saúde, por exemplo, têm sido poupadas de assaltos, vandalismo e insegurança. As estatísticas falam por si só, que envolvem até cidades menores do interior, antes tão tranquilas para se viver.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Impacto da Copa no Brasil

"A Copa é, basicamente, uma grande festa. Foi um erro associar o torneio a obras de infraestrutura que deveriam ter sido feitas há muito tempo para o Brasil continuar crescendo", disse Pedro Trengrouse ao site da BBC Brasil, consultor da ONU para o Mundial e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
_______ 
Opinião

Pode até ser, todavia, se não fosse a Copa talvez essas obras como o novo estádio Arena das Dunas, e o novo aeroporto em São Gonçalo do Amante, na Grande Natal, como ainda as obras de mobilidade em torno do estádio, não tivessem saído agora.

É claro, que isso, por si só, não atinge de forma alguma todas as nossas expectativas, sobretudo em áreas essenciais à vida nossa de cada dia, como melhor segurança na região metropolitana, saúde pública de qualidade e transporte público eficiente.

Contudo, é possível que cidades-sede dos jogos como Natal saiam da Copa com algum proveito, mesmo criticando os gastos excessivos com a competição. Avaliemos depois no pós-Copa. (JAC)

segunda-feira, 26 de maio de 2014

O futebol como ele é

As torcidas potiguares dos dois principais clubes de futebol do Estado amanheceram esta segunda-feira em festa com as goleadas de seus times América e ABC. Assim: lá no estádio Serra Dourada, em Goiás, pela série B do Brasileirão, no sábado à tarde, o Vila Nova marca o primeiro gol, mas o América RN vira o placar e ganha o jogo por 3 a 1. Gols de Max, Jeferson e Rodrigo Pimpão.

Porém, o rival ABC também não ficou atrás não. Logo no sábado, em jogo à noite no estádio Iberezão, em Santa Cruz (RN), pela série B do Brasileirão, goleou o Icasa, de Cariri (CE), por 3 a 0. Gols marcados por Rogerinho, João Henrique e Beto. Os times da Casa aqui são assim: se um ganha e goleia, o outro faz a mesma coisa, coincidência ou não é sempre dessa forma. Se um perde, o outro também perde. Que coisa, hein!?

Futebol tem dessas surpresas, boas ou más segue assim entre uma partida e outra. Todavia, nos últimos anos, justiça seja feita, o América RN tem feito sempre melhor campanha tanto no campeonato estadual como também no Brasileirão. E viva o bom futebol de América e ABC!

domingo, 25 de maio de 2014

Linha de cabotagem

PORTO Iniciativa pode dinamizar atividades portuárias
O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, tem se destacado em sua liderança à frente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte. Tanto é que ganhou mais um mandato à frente da entidade que vai até 2018.

Queiroz está somando na luta para conseguir uma linha de cabotagem (transporte de navios entre portos do mesmo país) para Natal, capital do RN. Nesse sentido, recebeu esta semana a visita do presidente da Companhia Docas do RN (Codern), Pedro Terceiro de Melo, e do gerente geral de operações da empresa carioca Logística Intermodal, Celso Possas Júnior.

Essa empresa se mostra interessada em operar uma linha de cabotagem até Natal, no que teve ratificado todo o apoio do presidente da Fecomércio potiguar. É isso aí, o porto natalense está ganhando dinamização a partir de novas iniciativas que estão em andamento.

É uma boa notícia para se dar em qualquer dia e mais ainda num domingo, em que tentamos relaxar e nos descontrair para retomar as atividades normais da semana que vem. Esse é um pleito de todo empresario produtivo potiguar, que deve se materializar em breve.Uma nova conquista.

sábado, 24 de maio de 2014

Lixo na rua em Natal

LIXO Na rua José de Alencar
Uma ruazinha do Centro de Natal, a José de Alencar, que dá acesso para o comércio de lojas na General Osório e João Pessoa, tem se tornado num depósito de lixo que impede as pessoas passarem na calçada.

Esta semana, mais uma vez, estava lá o amontoado de porcaria que colocam na calçada e a coleta urbana  não recolhe. Os turistas estão quase chegando para os jogos da Copa e parece que nada se faz para melhorar o lixo das ruas em pleno Centro da cidade.

Não custaria nada, se houvesse supervisionamento, uma limpeza mais criteriosa e o impedimento de se colocar lixo em certos lugares. O lixo colocado na rua é sinal de um povo mal educado.

A  prefeitura deve fazer a sua parte e nós a nossa, porque lixo além de sujar áreas que devem estar limpas, traz sérias consequência para a saúde coletiva. Natal merece ser mais cuidada.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Teimosia de diretor

Demétrio: teimoso
Afirma um velho saber popular que quem tem boca diz o que quer. De fato, assim tem sido com o diretor geral do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do Rio Grande do Norte, engenheiro Demétrio Torres, na questão dos acessos ao novo aeroporto em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana.

Não é que o ilustre diretor teima em dizer que o acesso norte ao novo aeroporto está pronto, falta apenas alguns ajustes. É a palavra dele contra o que a reportagem de um telejornal mostrou nesta quinta-feira à noite, e declarações de quem tenta chegar até lá.

Mais uma vez, lamentavelmente, nem mesmo o novo aeroporto está totalmente pronto, apesar de ter data para começar a funcionar em 31 de maio. Ainda está nos acabamentos e ajustes como mostrou a reportagem, para ficar concluído 100%. Falta, portanto, algo em torno de 1%.

O mesmo já não se pode dizer dos acessos ao novo aeroporto de Natal. Nenhuma das vias de acesso estão concluídas, e falta muita coisa, como pavimentação asfáltica, sinalização e iluminação. Só na vontade e teimosia do engenheiro Demétrio Torres a via norte está concluída.

Pelo visto, cai bem em Demétrio a figura de um "dom Casmurro". O melhor é ele levantar de sua cadeira e ir conhecer a realidade que todos atestam o contrário. Mas é preciso ele tomar cuidado para não se perder por aquelas bandas, que confunde até motorista de táxi, quanto mais turistas.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Sem legado na segurança

Mesmo com a aproximação da Copa do Mundo, cidades-sede dos jogos como Natal permanecem sem nenhum sinal de que está mais segura para receber centenas de turistas. As estatísticas de homicídios crescem na região metropolitana desde antes, agora e depois da Copa certamente continuarão crescendo.

Todo o aparato de segurança para gringo ver deverá existir apenas durante o período dos jogos em áreas sob o domínio da Fifa, como os estádios de futebol e locais de festas. Nas demais vai ser o feijão com arroz de sempre. Quem quiser que se cuide, porque Natal não está fácil.

Principalmente o tráfico de drogas pesadas não dá trégua. Diz a notícia que o Rio Grande do Norte já soma 679 homicídios em 2014, de acordo com levantamento do Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania. Isso significa aumento de 40 casos de assassinatos sobre o mesmo período do ano passado.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Novo aeroporto capenga

O novo aeroporto de Natal, que vai se chamar "Governador Aluízio Alves", deve ser inaugurado em 31 de maio sem a conclusão dos acessos. Sim, porque o que vão entregar até lá não é um acesso com o projeto totalmente concluído. Falta um viaduto e o alargamento da rodovia federal, a BR 406, na via norte.

Já o outro acesso – o da via sul – nem pensar. Fica para depois e todo mundo vai ter que se virar para chegar ao novo aeroporto pelo acesso da via norte ainda inconcluso. A construção dos dois acessos foi confiada ao governo de Rosalba Ciarlini (DEM).

Denominado de "anel metropolitano", que interligará a BR 406 (Ceará Mirim) à BR 304 (em Macaíba) e ainda à rodovia estadual RN 160 (em São Gonçalo do Amarante), onde fica o novo aeroporto, essa obra não estará pronta e ninguém sabe quando ficará concluída.

Inaugurar uma obra apressada nessas condições é tirar o brilho do grande projeto que se anunciou lá no início. Lamentavelmente são interesses políticos e econômicos em jogo. A entrada em operação do novo aeroporto já foi adiada pelo menos quatro vezes desde a pretendida data inicial de inauguração.

Natal pode muito bem esperar mais tempo, pois o atual Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, que permanece em operação, foi avaliado como o melhor do ranking de aeroportos que estão nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo. Notícia veiculada nacionalmente pela mídia.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Falta clareza nas indicações

Natal precisa acabar com essa ideia provinciana de não indicar lugares com clareza, objetividade e exatidão. Até porque hoje somos um destino turístico de centenas de visitantes andando por aí e buscando informações diariamente, numa cidade que já caminha para 1 milhão de habitantes.

Então, o cara sai num carro de locadora, por exemplo, para o terminal aeroportuário e vê lá a placa que o confunde, com a indicação "Aeroporto" e só isso, como podemos constatar e foi notícia de um telejornal pela confusão que vem causando. Mas, então, que aeroporto?

A indicação é para o novo que vai se chamar Aluízio Alves ou o antigo que se chama Augusto Severo ainda em funcionamento? A placa não define, deixa por conta da adivinhação. O turista vai pela placa e termina seguindo para o destino errado, indo parar no aeroporto que ainda não está operando.

Se o visitante sai para pegar um ônibus urbano, lá está a mesma indefinição. Aqui no bairro, por exemplo, passa um ônibus de linha com a indicação no painel principal: "via Praça". Meu Deus do céu, mas que praça? Praça das Flores, praça Augusto Leite, praça 7 de Setembro? Não, praça Cívica. Ah, bom!

É como se Natal só tivesse uma única praça e pela cidade só andasse os nativos e ninguém mais. Ora, por que a Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal) já não corrigiu isso com as empresas do transporte de passageiros? Simplesmente, porque falta fiscalização dos serviços.

Se Natal quer ser de verdade uma cidade turística precisa estar atenta a detalhes importantes, que vai ajudar muito a mudar a mentalidade provinciana. Os nativos agradecem a gentileza, e os turistas muito mais. Vamos dizer qual é o aeroporto, vamos dizer qual é a praça! E assim por diante.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Todo cuidado é pouco

A Copa está se aproximando, estamos a menos de um mês da competição mundial de futebol, e com isso estaremos recebendo aqui no Brasil muitos turistas. Daí a preocupação do Ministério do Turismo em alertar a todos que vão passear por aí para fazer esses passeios e deslocamentos com segurança.

Para tanto é preciso contratar guias turísticos cadastrados oficialmente, recomenda o ministério. Deve-se fazer a contratação acessando a lista de guias cadastrados antes de contratar serviços de um profissional. Existe o Cadastur, banco de profissionais feito pelo Ministério do Turismo, que reúne 11.552 guias.

Todo guia que exerce a profissão possui curso técnico profissionalizante na área e registro no Cadastur, de acordo com informações da Agência Brasil. Digo, isso é importante porque o Brasil é um país em que não há boa segurança e tem se tornado muito violento.

domingo, 18 de maio de 2014

O "bispo vermelho"

Deu Jornal do Brasil

BISPO Dom Hélder apelidado do "bispo vermelho"
A Arquidiocese de Olinda e Recife apresentou em uma reunião reservada o documento com assinatura de religiosos da regional, para iniciar o processo de beatificação de dom Hélder Câmara, liderança religiosa que se tornou referência na luta pela justiça social no Brasil e foi duramente perseguido durante a ditadura. Defensor de uma igreja mais voltada aos pobres, ficou conhecido durante o regime militar como o "bispo vermelho". O próximo passo da Arquidiocese deve ser recolher assinaturas no resto do país, para então solicitar a abertura do processo ao Vaticano.
_______
Opinião 

Esse eu conheci em vida e passei a admirá-lo não só por ter lido bons livros de sua autoria mas pela simplicidade como se apresentava e tratava a todos com atenção, respeito e humildade. Foi quando eu trabalhava como repórter do jornal Tribuna do Norte e fui deslocado algumas vezes para entrevistá-lo em suas vindas a Natal. 

Dom Hélder era desses que saia da reunião e conversava andando com o braço passado no repórter entrevistador, respondendo a todas as questões colocadas. Sem estrelismo ou mau humor, assim se portava todas vezes que fui procurá-lo. Até hoje nunca o esqueci.

Merece sim toda a homenagem não só da Igreja Católica da qual fez parte, como também de todos os brasileiros e brasileiras de forma geral. (JAC)

sábado, 17 de maio de 2014

Estrutura em estádios

Deu na CBN

Problemas graves de estrutura em estádios e descumprimento de prazos marcam preparação para a Copa. A reportagem da CBN percorreu as 12 cidades-sede do Mundial e identificou principais falhas do país para hospedar a mais importante competição do futebol faltando menos de 30 dias para o início dos jogos.
_______ 
Opinião 

No Brasil é comum adiamento de conclusão de obras e inaugurações inacabadas. Não é só no Mundial de futebol que estamos vendo isso. Esta é a verdade que não podemos fugir dela, pois os exemplos são muitos.(JAC)

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Insegurança na cidade

Natal permanece sendo uma das capitais mais inseguras do país, com assaltos ousados que surpreendem residências, lojas de comércio e bancos, ônibus de linhas urbanas e até serviços de saúde, como postos de assistência básica e clínicas do setor privado. Ninguém escapa do aumento da criminalidade na cidade.

Na manhã desta sexta-feira, por exemplo, bandidos fizeram arrastão na loja da Casas Bahia, localizada numa das avenidas mais movimentadas de Natal: a Engº Roberto Freire, na zona sul. Renderam funcionários por volta das 7h30, assim que chegavam à loja, e levaram notebooks, telefones celulares e outros produtos.

Como escapar de tamanha ousadia? Não existe hora, local e escolha do alvo, pode ser o que estiver pela frente, diante da falta de policiamento mais ostensivo. A bandidagem tem proliferado e feito escola na região metropolitana de Natal, no rastro de drogas como o crack, a mais popular delas.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Últimos dias do antigo aeroporto

DESATIVAÇÃO Aeroporto Internacional Augusto Severo
Como que para me despedir do antigo Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, na Grande Natal, fui lá por necessidade mas aproveitei para dar uma volta dentro dele, observando seu movimento, como que para me despedir. Foi na noite desta terça-feira (13) chuvosa do nosso outono.

Contemplei-o de cima a baixo como a conversar com as paredes e instalações internas com ar já de despedidas e saudades eternas. Ali fui tantas vezes para viajar ou deixar alguém da família que ia embarcar, assim como no retorno de quem estava chegando. 

A noite passada era de pouco movimento lá dentro, com até lojas fechadas, como que a pressentir o fim. Certamente já tem gente se preparando para deixar o local, cuidando de arrumar as coisas e mudar-se para o novo terminal ou sabe Deus para onde.

A realidade é que agora vamos ter de mudar de endereço quando formos viajar. Anuncia-se que o velho terminal está com os dias contados e vai ser desativado para dar lugar ao novo complexo aeroportuário em São Gonçalo do Amarante, também na Grande Natal, mas bem mais distante das zonas sul, leste e Centro, de maior demanda aérea.

O que eu entendo como injusto é ter de ser logo agora, quando o aeroporto Augusto Severo é o mais bem avaliado do país, com classificação de 4,16, conforme pesquisa do primeiro trimestre de 2014. O levantamento é da Secretaria de Aviação Civil.

Foram ouvidas 18 mil pessoas, entre janeiro e março, nos 15 maiores aeroportos brasileiros, sendo 14 deles em cidades-sede da Copa como Natal. Não é mesmo uma injustiça o que vão fazer com o Augusto Severo antes da Copa? Tomara que haja outro adiamento para depois da Copa. 

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Tudo é Copa!

Com menos de 30 dias que faltam para a Copa do Mundo no Brasil, desde já tudo agora é em função do Mundial de futebol da Fifa, e não se fala em outra coisa. Há gente por aí, que está desligando a televisão para não ouvir falar do mesmo assunto, porque só dá Copa. Junho está chegando!...

As notícias veiculam que "Comércio divulga funcionamento nos dias de jogos da Copa", em Natal. Ou então "Veja como vai funcionar a UFRN na Copa". A instituição funcionará como um dos campos de treinamento para uma das seleções que jogarão em Natal.

No plano nacional, a grande mídia trata das manifestações e greves no período dos jogos, que vão chamar atenção do mundo. Cruz-credo! - os governos que se preparem. Aliás, segundo a mídia, a temporada pré-Copa de greves já começou no país, e deve engrossar em junho.

O governo de Dilma Rousseff (PT) já se prepara para um junho difícil por causa das manifestações. São protestos por variados motivos, desde os gastos excessivos com a Copa, estendendo-se aos que vão protestar contra a falta de segurança no país, educação sem qualidade e a péssima assistência à saúde.

Sim, também haverá protesto contra a corrupção no país, contra a impunibilidade, contra a ruim mobilidade urbana e o clientelismo político-eleitoral. O país deve querer reeditar os movimentos de junho do ano passado. Prepare seu coração e cuide-se! 

terça-feira, 13 de maio de 2014

Começa mal novo aeroporto

Ao que parece o novo aeroporto da Grande Natal, em São Gonçalo do Amarante, começa mesmo a funcionar dia 22 de maio, de olho na Copa do Mundo, com apenas um dos dois acessos previstos. Exatamente o da via norte, que em nada facilitará para quem se desloca da região sul em Natal.

O outro acesso – o da via sul – ficará para mais adiante, porque não haverá tempo de ser concluído até a data que querem inaugurar o novo aeroporto. O açodamento fica por conta de interesse econômico do consórcio Inframérico que construiu e vai administrar o complexo aeroportuário potiguar. 

Já o atraso das obras das vias de acesso é de responsabilidade do governo Rosalba Ciarlini (DEM), que retardou o início dos serviços. Seja de quem for a culpa, o grande prejudicado nessa história é a demanda de passageiros, que terá de se virar com um único acesso bem mais distante.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Correios na telefonia celular

Da Agência Brasil 

Os Correios deverão começar a oferecer, até o fim do ano, serviços de telefonia celular. A primeira etapa de atuação dos Correios, prevista para ser instaurada em outubro, terá a comercialização de chips e recarga de crédito. A segunda etapa incluirá venda de aparelhos e está prevista para o segundo semestre de 2015.

A empresa atuará sem rede própria em nichos de mercado onde as operadoras tradicionais não tenham interesse de atuar. São em grandes centros urbanos mais sobretudo localidades menores e mais remotas. O objetivo é melhorar o acesso ao serviço de telefonia celular.
_______
Opinião

Dessa forma, os Correios visa, principalmente, recuperar espaço que  perde expressivamente desde que a internet com o e-mail (endereço eletrônico) e as redes sociais conquistam cada vez mais o mercado da tecnologia digital, subtraindo a demanda que antes buscava os serviços da empresa.

Com isso, não se escreve mais cartas para mandar pelos Correios nem se passa telegramas para enviar a alguém. Os meios de mensagens e conversas digitadas em tempo real superam com vantagens esses serviços antigos antes usados. Hoje quase todo mundo tem um computador e um e-mail.

Tem também a telefonia móvel facilitando as alternativas de comunicação em todo o país e no mundo também. Eis a razão por que os Correios buscam novos nichos de mercado. Sem se situar neste novo tempo, tende a perder mais mercado e lucratividade. (JAC) 

domingo, 11 de maio de 2014

A todas as mães

É isso mesmo, a todas as mães, indistintamente, vivas ou não, meus parabéns pelo seu dia. Hoje é a data que celebramos para lembrar essa missão materna da vida, daí nenhuma delas deve ficar de fora da homenagem de hoje. As que não estão mais aqui – como a minha – permanecem viva em nossa memória.

Seria ingratidão esquecê-la. Então, hoje, nem nunca, a esquecerei. Por isso, no almoço deste dia, levantarei uma taça de vinho em memória de dona Alzira, como a chamavam em vida. No momento das minhas orações, ela ocupará também lugar de destaque. Ela é especial mesmo não estando mais aqui.

Esse é o melhor presente que guardo para ela. Lembrar dela, pedir pedir perdão pelas minha peraltices e desejar que ela esteja melhor do que nós aqui. Mãe não é só o presente material. Isso dá quem pode e é coisa passageira! O importante é guardá-la para sempre na memória enquanto aqui estivermos.

Escrevi isso porque não posso, logicamente, presenteá-la fisicamente, indo a um bom restaurante e comprando um presente desses que a publicidade incentiva e pega a gente pelo apelo emocional. Mas, como dizem por aí, pensamentos voam, e quem sabe se estes aqui não chegam a ela em forma de presente!

Imagino o sorriso que abriria em seu rosto maternal, para logo soltar: – Esse José Aécio!!! Pois é, mãe! Quanta saudade! Estou saindo com seus netos para festejar o dia da mãe deles. Ela também merece toda a afetividade desse dia. Parabéns mães!

Operação nas fronteiras

Deu na CBN

Forças Armadas iniciam operação para apreender drogas e armas nas fronteiras.

Ação voltada à Copa do Mundo conta com 30 mil militares e cobre 27% do território nacional, de norte a sul do país.
_______
Opinião

O governo Dilma Rousseff (PT) faz o que deveria vir sendo feito há muito tempo, de forma efetiva e não apenas agora por causa da Copa do Mundo. A situação do alastramento das drogas pesadas no Brasil atingiu nível pra lá de crítico, e agora ficou muito mais dispendioso o combate.

Por conta desse retardamento, que só agora o governo desperta para a gravidade do problema, drogas como o crack e a cocaína estão interiorizadas, alcançando pequenas cidades, puxando em seu rastro o aumento da criminalidade nos Estados brasileiros. (JAC)

sábado, 10 de maio de 2014

Caça aos suspeitos

 A notícia que estava no jornal O Globo desta quinta-feira (8) dava conta de que a polícia procura por cinco suspeitos do linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, assassinada barbaramente e de forma injusta no sábado (3), no Guarujá, litoral de São Paulo, ao ser confundida com uma sequestradora de crianças.

Por enquanto, apenas um suspeito dos listados pela Polícia Civil de São Paulo foi preso. O linchamento público ocorreu em decorrência de boato espalhado pela internet, com divulgação de retrato falado. Essa pessoa presa é o administrador do site "Guarujá Alerta", que confessou sua participação.
_______  
Opinião

Em abril último, eu escrevi aqui que a internet pode ser considerada como faca de dois gumes: quis dizer que tanto pode ser usada para o bem, em algo que possa ajudar, como para o mal ao veicular informações erradas, boatos e notícias não confirmadas.Estamos aí diante de um caso nacional gravíssimo, bárbaro e impressionante para os dias de hoje. Assassina-se cruelmente uma mulher, apenas porque alguém apontou como isso ou aquilo, no caso, Fabiane Maria de Jesus foi envolvida injustamente em tráfico de crianças.
________
JoséAécioCosta.com: Boatos em redes sociais

sexta-feira, 9 de maio de 2014

O general da Segurança

Diz a notícia que o secretário da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, general Eliéser Girão Monteiro Filho, chegado recentemente ao cargo de titular da pasta, proibiu a fixação de cartazes, placas, faixas, folhetos e afins em prédios da sua secretaria. Sua? – não é pública?

É entendido como revide aos movimentos sindicais e às respectivas divulgações a todos sindicalizados. O general esqueceu que não está num quartel e que vivemos uma democracia em que os sindicatos podem se manifestar livremente em suas formas de contato e articulação com o público-alvo.

O que chama atenção aí não é o escorregão do general ao tomar medida autoritária, mas o fato de que com tantos graves problemas na segurança pública do Rio Grande do Norte, o general se preocupar logo em proibir a divulgação de cartazes e outras peças de propaganda sindical. Mau sinal!

Pensei até que o general tivesse chegado em  boa hora para ajudar o projeto eleitoral da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que anda em baixo astral. Mas pelo jeito, a coisa agora vai desandar de vez. Pra ser franco, fazia muito tempo que eu não via mais essas coisas.

Tal medida afrontou os sindicatos, que vez por outra andam em pé de guerra com a governadora. Não chamem o general para sentar numa mesa de negociação. Começa a ficar difícil o diálogo, porque os sindicatos já fizeram cara feia e dizem que não vão cumprir ordens do general.

Os tempos são outros – ou não? Parece que na Segurança Pública não.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Sem vias de acesso

Só quero saber se vão inaugurar dia 22 de maio o novo aeroporto internacional em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, sem vias de acesso. Acessos que deverão estar com iluminação adequada, sinalização e policiamento assegurado na região, considerada de alto índice de crimes.

Se inaugurarem com apenas um acesso, dos dois previstos, vai ser uma precipitação desnecessária, pondo em risco a boa divulgação da cidade e a nova obra aeroportuária, que vai ficar bem mais distante da região sul natalense, a de maior demanda em voos de companhias aéreas.

Ainda mais num período que a cidade está recebendo maior demanda turística por conta de jogos da Copa do Mundo 2014 em Natal, uma das 12 cidades-sede do Mundial. É de bom senso que o novo aeroporto só passe a operar quando os dois acessos sul e norte estiverem totalmente concluídos para servir bem.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Inverno difícil

Li notícia local, aqui de Natal, que nos deixa ainda muito preocupado em relação ao inverno que já deveria estar configurado a esta altura do nosso outono. A rigor, ainda não se sabe como se comportará o nível das chuvas no Estado que se previa anteriormente como normal, quebrando o ciclo de três anos de seca.

Chegamos a maio e a coisa ainda não está bem definida. É verdade que tem chovido um pouco, mas não no volume esperado de ano normal de inverno ou um pouco abaixo. Agora o serviço de meteorologia da Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte) aposta todas as fichas neste mês.

Se não chover o esperado para uma definição do inverno agora em maio, é sinal de que novamente não teremos inverno. Aí o ciclo de mais um ano de estiagem estará configurado. Municípios das mesorregiões Central e Oeste ainda esperam pelas chuvas que mantêm os reservatórios sem água suficiente.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Primeiro em energia eólica

PARQUE EÓLICO Energia gerada pela força dos ventos
Muito em breve, de forma oficial, o Rio Grande do Norte deverá alcançar a primeira posição no ranking brasileiro de energia eólica, batendo o Estado vizinho do Ceará. É o que prevê o Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (conhecido pela sigla Cerne).

Por enquanto, oficialmente, o Ceará ainda é o líder em potência eólica instalada no Brasil e o Rio Grande do Norte é o segundo colocado. Hoje o Ceará tem 36 parques em operação e  um total de 893,24 MW (megawatts). O RN vem atrás com 736,75 MW e 29 parques eólicos.

Mas com a entrada em operação do Complexo União dos Ventos, com 169,6 MW, da empresa Serveng Energia, o RN alcançou atualmente 906,35 MW em potência eólica instalada num total de 39 parques. Então, falta apenas a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) atualizar esses dados.

Além disso, os dois Estados disputam a corrida para ver que alcança mais rápido o primeiro GW (gigawatts) em potência eólica. Isso deverá ocorrer a partir de 15 de maio para o RN com entrada em operação de novos parques; e 15 de junho o Ceará, segundo as previsões do Cerne.

Essa disputa é denominada de "corrida saudável" pelos especialistas do setor, já que os dois Estados vão se tornarem potências em um tipo de energia limpa, movida por ventos, o que é muito bom para qualquer país. É em outras palavras a chamada "indústria dos ventos".

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Num estádio de futebol

É difícil imaginar que alguém vá a um estádio de futebol e lá seja morto atingido por um vaso sanitário que jogaram numa confusão de torcidas. Mas foi exatamente o que aconteceu na semana passada, em Recife, conforme nos conta o noticiário da rádio CBN.

Paulo Ricardo Gomes foi atingido por vaso sanitário durante confusão em jogo entre  Santa Cruz e Paraná, no estádio do Arruda, não resistindo aos ferimentos.

Agora o disque-denúncia da polícia pernambucana oferece R$ 5.000 para quem denunciar o responsável por essa morte estúpida. Quer assim levar à prisão quem jogou a privada no torcedor. Não é possível que esse assassinato fique impune.

domingo, 4 de maio de 2014

Candidatos à reeleição

Diferentemente dos Estados Unidos, por exemplo, o Brasil não tem tradição em reeleger governantes. Tudo depende de uma bem sucedida gestão para que o pretendente consiga se reeleger . Isso vale para todos os cargos executivos no país, de prefeito a governador e presidente da República.

As eleições gerais de 5 de outubro deste ano vai mostrar esse ponto de vista. É só esperar para constatar. Governador que não conseguiu convencer com  boa gestão pública não passará pelo crivo do eleitorado de seu Estado. E assim deverá ser para a Presidência da República.

Aqui no Rio Grande do Norte devemos ter esse exemplo. A governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que ainda não sabe se pode ser candidata ou não, por causa das questões judiciais, caso tente a reeleição está fadada a um fracasso retumbante. Basta acompanhar as pesquisas de intenção de votos.
_______________  

VOCÊ AGORA pode acompanhar as notícias nacionais pelo plantão do Repórter CBN com link na lateral aí do blog. São notícias divulgadas em rede nacional, que você pode ler ou ouvir, basta clicar em cima. Acompanhe o que está acontecendo pelo país e pelo mundo, atualizando-se a cada meia hora.

sábado, 3 de maio de 2014

A Fifa é quem manda

A partir de junho, próximo mês, quem manda é a poderosa Fifa – a Federação Internacional de Futebol. Tudo por conta da Copa no Brasil. É  ela que diz o que pode e o que não pode neste país. Por exemplo: bebida alcoólica pode dentro dos estádios, mas no entorno deles não.

 Isso quer dizer o seguinte, que leis municipais atualmente vigentes nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo não valerão durante o período do megaevento da Fifa, no que se refere à distribuição, venda, publicidade,
propaganda ou comércio de alimentos e bebidas no interior dos locais oficiais.

A mesma coisa vale também para as imediações e principais vias de acesso. Na prática, significa todas as garantias à Fifa para proibir, por exemplo, meia entrada e permitir consumo de bebida alcoólica nos estádios, o que é proibido em lei aqui nos estádios brasileiros.

Na verdade, a entidade tem direito até isenção de impostos e taxas em seus eventos da Copa. Portanto, a Fifa vai mandar e desmandar por este país afora, quem quiser que ache ruim. É assim que ela realiza o Mundial e ponto final.

Ou melhor, ponto final ainda não, pois o que se chama de "Lei da Copa" este é um questionamento que está sendo levado pela Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF). Afinal, por que tantos privilégios para uma entidade rica? Na realidade é um abuso de direitos. 

Vejam só que a entidade do Mundial se beneficia até com isenção do pagamento de custas e outras despesas judiciais se porventura ocorrerem. Toda a responsabilidade por prejuízos causados por terceiros ou fenômenos da natureza é de responsabilidade da União. Risco zero, portanto!

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Mobilidade natalense

Entramos em maio, mês em que a Prefeitura de Natal anuncia a entrega da maioria das obras de mobilidade urbana no entorno do estádio Arena das Dunas.

São dois viadutos, duas passarelas e seis túneis que estão para ser entregues, conforme o prometido, mas pelo menos um dos viadutos próximo à Arena não vai estar funcionando até a Copa do Mundo porque precisa de mais tempo para dar condições de trafegabilidade.

As outras obras deverão ser liberadas ao tráfego até lá melhorando a mobilidade do trânsito em Natal, que tem sido motivo de muitas críticas.

Doença da vaca louca

A doença da vaca louca voltou à pauta no noticiário nacional dos últimos dias, no entanto o Ministério da Agricultura informa que os exames feitos em 49 bovinos suspeitos de estarem contaminados com essa  síndrome  tiveram resultado negativo. Alivia assim as preocupações país afora.

Segundo o noticiário 4.000 animais de 11 propriedades de Mato Grosso foram inspecionados. Os bovinos que passaram pelo exame tiveram contato com uma vaca que foi sacrificada na semana passada suspeita de estar com a doença. Contudo o ministério considera que foi um caso isolado.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Correção já vem tarde

Como medida comemorativa ao Dia do Trabalho nesta quinta-feira, 1º de maio, a presidente Dilma Rousseff anunciou a correção da tabela do Imposto de Renda, que já vem tarde. A defasagem acumulada, segundo a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), é de 61,24% no período compreendido entre 1996 e 2013.

Se a correção for feita com base nessa defasagem pedida pela OAB, estarão isentos contribuintes que ganham até R$ 2.758. Atualmente essa isenção vai só até R$ 1.787. Daí a medida favorecer a uma grande massa de trabalhadores assalariados do país que estão estacionados nessa faixa salarial.

A correção da tabela também favorece às demais faixas de contribuintes do IR que passam a descontar menos imposto. A classe média paga muito imposto neste país, enquanto o retorno em serviços pelo governo continua sem corresponder a esse desembolso.